METODOLOGIA DA EDUCAÇÃO INFANTIL


Leia a letra da música Bola de gude, bola de meia

 

Fernando Brant / Milton Nascimento

 

Há um menino, há um moleque
Orando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto balança
Ele vem pra me dar a mão

 

Há um passado no meu presente
O sol bem quente lá no meu quintal
Toda vez que a bruxa me assombra
O menino me dá a mão

 

Ele fala de coisas bonitas que
Eu acredito que não deixarão de existir
Amizade, palavra, respeito
Caráter, bondade, alegria e amor

 

Pois não posso, não devo
Não quero viver como toda essa gente insiste em viver
Não posso aceitar sossegado
Qualquer sacanagem ser coisa normal

 

Bola de meia, bola de gude
O solidário não quer solidão
Toda vez que a tristeza me
Alcança o menino me dá a mão

 

Podemos fazer uma analogia entre a letra da música “Bola de gude, bola de meia” e o significado o “ter experiências” na infância. Para compreender o papel da Educação Infantil na formação de uma criança, é relevante pensar sobre o que pode significar “ter experiências” de acordo com os campos de Experiências da BNCC/2017.

 

Leia as alternativas abaixo sobre as práticas pedagógicas que completam as afirmativas acima e a letra da música “Bola de gude, bola de meia. ”

 

I- As práticas pedagógicas devem ocorrer de modo a ajudar a criança na sua compreensão do mundo feita pela totalidade de seus sentidos.

 

II- As práticas pedagógicas devem ocorrer de modo a criar possibilidades de viver experiências no conhecimento que constrói na relação intrínseca entre razão e emoção.

 

III- As práticas pedagógicas devem ocorrer de modo a fragmentar a criança nas suas possibilidades de viver experiências

 

IV- As práticas pedagógicas devem ocorrer de modo a criar possibilidades de viver experiências utilizando expressão corporal e verbal, experimentação e interações.

 

Estão corretas apenas as alternativas:


I, II  e III apenas;


I, II  e IV apenas;


II  e III apenas;


 II  e V apenas;


II, III  e  IV apenas;

A BNCC/2018, apresenta o ato de brincar como um dos direitos de aprendizagem e desenvolvimento, da criança na Educação Infantil. Direitos esses, que deverão ser conhecidos, estudados e proporcionados às crianças, por nós educadores.

Sobre o brincar a  BNCC/18,  afirmar:

 


Brincar, cotidianamente de diversas formas por meio de diferentes linguagens, pedidos de ajuda, narrativas de experiências, registros de vivências e de conhecimentos, ao mesmo tempo em que aprende a compreender o que os outros lhe comunicam.


BRINCAR cotidianamente de diversas formas e com diferentes parceiros, interagindo com as culturas infantis, construindo conhecimentos e desenvolvendo sua imaginação, sua criatividade, suas capacidades emocionais, motoras, cognitivas e relacionais.


BRINCAR cotidianamente de diversas formas nos tempos livres, porque na Educação Infantil, nos demais tempos, o cuidado será fundamental, cuidar das crianças é tão importante quanto brincar.  


BRINCAR cotidianamente de diversas formas com protagonismo, tanto no planejamento como na realização das atividades recorrentes da vida cotidiana, na escolha das brincadeiras, dos materiais e dos ambientes, desenvolvendo linguagens e elaborando conhecimentos.


BRINCAR cotidianamente de diversas formas com as brincadeiras planejadas pela professora e com os colegas que melhor se identifica, porque assim sentirá maior segurança para realizar as atividades.

Ao utilizar o jogo como ferramenta didática, o professor deve se atentar para algumas atitudes que são importantes e que irão facilitar e enriquecer sua prática pedagógica.

 

Assinale as alternativas que contemplam essa afirmativa.

 

I-Escolher o ambiente adequado para o uso dos jogos.

 

II-Dispensar as anotações e registro de observação do desempenho dos alunos durante os jogos, porque uma atividade lúdica deve ser livre.

 

III-Discutir e analisar com os alunos o porquê dos jogos, os seus objetivos, bem como as relações e atitudes que podem surgir ou não durante os jogos.

 

IV-Interromper o jogo sempre que achar necessário, porque os alunos se empolgam tanto que o professor deve estar sempre resolvendo os conflitos que caso venha a surgir.

 

V-Possibilitar ações físicas que motivem os alunos a serem mentalmente ativas e participativas.

 

Estão corretas as alternativas:


I, IV   e V, apenas.


I, II e IV, apenas.


I, III e V, apenas.


IV e V, apenas.


I, IV   e V, apenas.

Avaliar uma criança vai muito além de olhar para ela como um ser meramente observado, realizando uma atividade ou executando um ato, é preciso que haja uma intenção pedagógica avaliativa.

Por tudo isso cabe ao professor da educação infantil:

Marque com um X a única resposta correta.


Ter um olhar crítico – que abranja o princípio da construção do conhecimento.
Ter um olhar determinado – que abranja o processo da construção do ensino.
Ter um olhar centrado – que abranja o processo da construção dos conteúdos.
Ter um olhar holístico – que abranja o processo da construção do conhecimento como um todo.
Ter um olhar focado – que limite todo o processo da construção do conhecimento.

A criança compreende a realidade social na qual está inserida, vivenciando-a simbolicamente, por meio do corpo, de brincadeiras e jogos.  A questão a seguir  diz respeito a importância dos jogos na Educação Infantil.

 

Assinale com um V ou com um F as afirmações que se seguem conforme sejam verdadeiras ou falsas.

 

(   ) Os processos de desenvolvimento e de aprendizagem envolvidos nos jogos são também  constitutivos do processo de apropriação de conhecimentos.

 

(   )  O jogo enquanto atividade lúdica propicia a formação do ser autônomo, crítico e criador. Por meio dele, a criança experimenta diferentes emoções.

 

(   )  O desejo de brincar com o outro, de estar jogando juntos, envolve partilha de objetos, espaços, valores, negociações, e diferentes descobertas.

 

(   )  O jogo é importante no processo de desenvolvimento infantil, mas as crianças que estão em processo de alfabetização precisam priorizar outras atividades.

 

A sequência correta é:

 


F,V,F,F
F,F,V,V
F,V,V,V
V,F,V,V
V,V,V,F

Leia a afirmativa abaixo;

 

A brincadeira é uma atividade natural da criança, é uma aprendizagem social. Quando as crianças bem pequenas brincam com os adultos, iniciam-se esse processo de aprendizagem. De imediato, não desempenham um papel muito ativo, mas já se manifestam com risos e murmúrios. Aos poucos, mesmo de forma desajeitada, vai assumindo o papel do adulto, ou seja, de tornar-se parceira.

 

Se brincarmos com a criança pequena de esconder o rosto, ela aprenderá a reconhecer algumas características essenciais do ato de brincar: Assinale-as nas alternativas abaixo.

 

 

I-A possibilidade de troca de papeis. Ora a criança esconde o rosto ora o adulto;

 

II- O faz-de-conta, “aspecto fictício”, porque o rosto dela não desaparece;

 

III- A chorar porque escondeu o rosto;

 

IV- Repetir a brincadeira, voltar ao início por várias vezes.

 

Estão corretas as alternativas:


II  e III;
I e IV;
 I, II e IV,
I, III e IV;
I, II e III

Explorar os  jogos no ambiente escolar favorece a aprendizagem e o desenvolvimento  infantil.  Acredita-se que em situação de atividades com jogos, várias habilidades e atitudes são exigidas do aluno. Entre elas: considerar o ponto de vista do grupo, ser coerente, ser racional, justificar as próprias conclusões ,ouvir o outro e adquirir conhecimentos.

Diante da afirmativa,analise as frases abaixo e assinale com V a alternativa verdadeira e com F a alternativa falsa.

(    ) No jogo deve haver a possibilidade de usar estratégias, estabelecer planos, executar  jogadas com  prazer e promover a interação entre o grupo de pessoas que participam do jogo.

(   ) Na escola  existe uma sistematização da aprendizagem já planejada. Assim pensando, percebe-se que o jogo não interfere no êxito ou no fracasso escolar, nem limitam as possibilidades de inserção social dos participantes.

(   )  Os jogos aumentam e estimulam as possibilidades da criança  construir  seus conhecimentos, de elaborar suas hipóteses , de interpretar , de criar e   imaginar.

(   )  Os horários e rotinas nas escolas estão organizados com  muitas atividades pedagógicas e com brincadeiras dirigidas, portanto jogos a brincadeira livre devem ficar em segundo plano.

(    ) As brincadeiras de faz-de-conta, os jogos de construção e aqueles que possuem regras, como os jogos de sociedade (também chamados de jogos de tabuleiro), jogos tradicionais, propiciam a ampliação dos conhecimentos infantis por meio da atividade lúdica.

 A resposta correta está contemplada em:

 


F,F,V,F,V
V,F,V,F,V
V,F,F,V,F
V,V,V,V,F
F,V,F,F,V

Ao brincar com o jogo de Amarelinha podemos trabalhar as habilidades sociais, a autonomia e a identidade, ou seja, engloba todos os campos de experiência.

 

Assinale nas alternativas abaixo aquelas que trazem aspectos importantes que o jogo de Amarelinha possibilita:

 

I- A valorização, o reconhecimento da cultura, o contato com a cultura local;

 

II- A participação em situações diversas de colaboração e compartilhamento;

 

III- O envolvimento em desafios e iniciativa na busca de soluções de problemas;

 

IV- A autonomia para se deslocar e brincar, esperando a professora informar sua vez de jogar;

 

V- O desenvolvimento da oralidade  durante a brincadeira, possibilitando a troca, a organização do pensamento, a atenção e a concentração;

 

 

Estão corretas apenas as alternativas:


 III e IV
I, II e III; 
II e V
I, II, III e V;
I, II  e IV;

Em consonância com os pressupostos legais para a trabalho pedagógico com a criança de 0 a 5 anos, buscaremos nas DCNEIs (2010, p. 12) a concepção de criança que norteará todo o fazer metodológico que a BNCC/2017 propõe:

 

Sujeito histórico e de direitos que, nas interações, relações e práticas cotidianas que vivencia, constrói sua identidade pessoal e coletiva, brinca, imagina, fantasia, deseja, aprende, observa, experimenta, narra, questiona e constrói sentidos sobre a natureza e a sociedade, produzindo cultura. DCNEIs (2010, p. 12)

 

 

Com base na ideia expressa acima, avalie as seguintes asserções sobre a criança:

 

A criança deve ser vista como sujeito protagonista que produz cultura, com direito a uma prática educativa repleta de experiências significativas, que seja respeitado o seu ritmo, o seu tempo, as suas singularidades, potencializando o seu desenvolvimento integral.

 

Porque,

 

A criança da Educação Infantil ainda é muito pequena, pouco sabe ou só estará “preparada” após os seis anos, no Ensino Fundamental. Assim pensando, as atividades “preparatórias” devem estar sempre presentes no seu dia a dia, visando à aquisição de pré-requisitos necessários por meio das interações e brincadeiras.

 

A respeito dessas asserções assinale a alternativa correta:


As duas asserções são proposições falsas.
As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma justificativa correta da I.
A asserção I é uma proposição falsa, mas a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é justificativa correta da I.
A asserção I é uma proposição verdadeira, mas a II é uma proposição falsa.

O jogo é um recurso fundamental no processo de interação e desenvolvimento das crianças. Se for direcionado pelo professor é jogo educativo, é ensino, não é jogo infantil. Para Kishimoto, (2015), “o jogo faz parte de uma grande família, a família do jogo, e possui características próprias”.

 

Assinale abaixo as alternativas que trazem as características próprias do jogo infantil, estudadas por você e que contemplam a afirmativa da autora.

 

I-Flexibilidade: as crianças aceitam novas combinações de ideias e comportamentos.

 

II-Controle externo: o professor traz as regras do jogo, ensina as crianças como jogar e comanda o desenvolvimento do jogo.

 

III-Livre escolha: o jogo infantil só pode ser jogo quando escolhido livre e espontaneamente pela criança.

 

IV-Controle interno: no jogo infantil, são os próprios jogadores que determinam o desenvolvimento dos acontecimentos do jogo.

 

Está correto apenas a alternativa:


I, IV;
I, III, IV;
I, II, IV;
 II, III;
I, II, III;
Páginas: 1234