METODOLOGIA DA EDUCAÇÃO INFANTIL


Avaliar uma criança vai muito além de olhar para ela como um ser meramente observado, realizando uma atividade ou executando um ato, é preciso que haja uma intenção pedagógica avaliativa.

Por tudo isso cabe ao professor da educação infantil:

Marque com um X a única resposta correta.


Ter um olhar crítico – que abranja o princípio da construção do conhecimento.
Ter um olhar determinado – que abranja o processo da construção do ensino.
Ter um olhar centrado – que abranja o processo da construção dos conteúdos.
Ter um olhar holístico – que abranja o processo da construção do conhecimento como um todo.
Ter um olhar focado – que limite todo o processo da construção do conhecimento.

A criança compreende a realidade social na qual está inserida, vivenciando-a simbolicamente, por meio do corpo, de brincadeiras e jogos.  A questão a seguir  diz respeito a importância dos jogos na Educação Infantil.

 

Assinale com um V ou com um F as afirmações que se seguem conforme sejam verdadeiras ou falsas.

 

(   ) Os processos de desenvolvimento e de aprendizagem envolvidos nos jogos são também  constitutivos do processo de apropriação de conhecimentos.

 

(   )  O jogo enquanto atividade lúdica propicia a formação do ser autônomo, crítico e criador. Por meio dele, a criança experimenta diferentes emoções.

 

(   )  O desejo de brincar com o outro, de estar jogando juntos, envolve partilha de objetos, espaços, valores, negociações, e diferentes descobertas.

 

(   )  O jogo é importante no processo de desenvolvimento infantil, mas as crianças que estão em processo de alfabetização precisam priorizar outras atividades.

 

A sequência correta é:

 


F,V,F,F
F,F,V,V
F,V,V,V
V,F,V,V
V,V,V,F

Leia a afirmativa abaixo;

 

A brincadeira é uma atividade natural da criança, é uma aprendizagem social. Quando as crianças bem pequenas brincam com os adultos, iniciam-se esse processo de aprendizagem. De imediato, não desempenham um papel muito ativo, mas já se manifestam com risos e murmúrios. Aos poucos, mesmo de forma desajeitada, vai assumindo o papel do adulto, ou seja, de tornar-se parceira.

 

Se brincarmos com a criança pequena de esconder o rosto, ela aprenderá a reconhecer algumas características essenciais do ato de brincar: Assinale-as nas alternativas abaixo.

 

 

I-A possibilidade de troca de papeis. Ora a criança esconde o rosto ora o adulto;

 

II- O faz-de-conta, “aspecto fictício”, porque o rosto dela não desaparece;

 

III- A chorar porque escondeu o rosto;

 

IV- Repetir a brincadeira, voltar ao início por várias vezes.

 

Estão corretas as alternativas:


II  e III;
I e IV;
 I, II e IV,
I, III e IV;
I, II e III

Explorar os  jogos no ambiente escolar favorece a aprendizagem e o desenvolvimento  infantil.  Acredita-se que em situação de atividades com jogos, várias habilidades e atitudes são exigidas do aluno. Entre elas: considerar o ponto de vista do grupo, ser coerente, ser racional, justificar as próprias conclusões ,ouvir o outro e adquirir conhecimentos.

Diante da afirmativa,analise as frases abaixo e assinale com V a alternativa verdadeira e com F a alternativa falsa.

(    ) No jogo deve haver a possibilidade de usar estratégias, estabelecer planos, executar  jogadas com  prazer e promover a interação entre o grupo de pessoas que participam do jogo.

(   ) Na escola  existe uma sistematização da aprendizagem já planejada. Assim pensando, percebe-se que o jogo não interfere no êxito ou no fracasso escolar, nem limitam as possibilidades de inserção social dos participantes.

(   )  Os jogos aumentam e estimulam as possibilidades da criança  construir  seus conhecimentos, de elaborar suas hipóteses , de interpretar , de criar e   imaginar.

(   )  Os horários e rotinas nas escolas estão organizados com  muitas atividades pedagógicas e com brincadeiras dirigidas, portanto jogos a brincadeira livre devem ficar em segundo plano.

(    ) As brincadeiras de faz-de-conta, os jogos de construção e aqueles que possuem regras, como os jogos de sociedade (também chamados de jogos de tabuleiro), jogos tradicionais, propiciam a ampliação dos conhecimentos infantis por meio da atividade lúdica.

 A resposta correta está contemplada em:

 


F,F,V,F,V
V,F,V,F,V
V,F,F,V,F
V,V,V,V,F
F,V,F,F,V

Ao brincar com o jogo de Amarelinha podemos trabalhar as habilidades sociais, a autonomia e a identidade, ou seja, engloba todos os campos de experiência.

 

Assinale nas alternativas abaixo aquelas que trazem aspectos importantes que o jogo de Amarelinha possibilita:

 

I- A valorização, o reconhecimento da cultura, o contato com a cultura local;

 

II- A participação em situações diversas de colaboração e compartilhamento;

 

III- O envolvimento em desafios e iniciativa na busca de soluções de problemas;

 

IV- A autonomia para se deslocar e brincar, esperando a professora informar sua vez de jogar;

 

V- O desenvolvimento da oralidade  durante a brincadeira, possibilitando a troca, a organização do pensamento, a atenção e a concentração;

 

 

Estão corretas apenas as alternativas:


 III e IV
I, II e III; 
II e V
I, II, III e V;
I, II  e IV;

Em consonância com os pressupostos legais para a trabalho pedagógico com a criança de 0 a 5 anos, buscaremos nas DCNEIs (2010, p. 12) a concepção de criança que norteará todo o fazer metodológico que a BNCC/2017 propõe:

 

Sujeito histórico e de direitos que, nas interações, relações e práticas cotidianas que vivencia, constrói sua identidade pessoal e coletiva, brinca, imagina, fantasia, deseja, aprende, observa, experimenta, narra, questiona e constrói sentidos sobre a natureza e a sociedade, produzindo cultura. DCNEIs (2010, p. 12)

 

 

Com base na ideia expressa acima, avalie as seguintes asserções sobre a criança:

 

A criança deve ser vista como sujeito protagonista que produz cultura, com direito a uma prática educativa repleta de experiências significativas, que seja respeitado o seu ritmo, o seu tempo, as suas singularidades, potencializando o seu desenvolvimento integral.

 

Porque,

 

A criança da Educação Infantil ainda é muito pequena, pouco sabe ou só estará “preparada” após os seis anos, no Ensino Fundamental. Assim pensando, as atividades “preparatórias” devem estar sempre presentes no seu dia a dia, visando à aquisição de pré-requisitos necessários por meio das interações e brincadeiras.

 

A respeito dessas asserções assinale a alternativa correta:


As duas asserções são proposições falsas.
As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma justificativa correta da I.
A asserção I é uma proposição falsa, mas a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é justificativa correta da I.
A asserção I é uma proposição verdadeira, mas a II é uma proposição falsa.

O jogo é um recurso fundamental no processo de interação e desenvolvimento das crianças. Se for direcionado pelo professor é jogo educativo, é ensino, não é jogo infantil. Para Kishimoto, (2015), “o jogo faz parte de uma grande família, a família do jogo, e possui características próprias”.

 

Assinale abaixo as alternativas que trazem as características próprias do jogo infantil, estudadas por você e que contemplam a afirmativa da autora.

 

I-Flexibilidade: as crianças aceitam novas combinações de ideias e comportamentos.

 

II-Controle externo: o professor traz as regras do jogo, ensina as crianças como jogar e comanda o desenvolvimento do jogo.

 

III-Livre escolha: o jogo infantil só pode ser jogo quando escolhido livre e espontaneamente pela criança.

 

IV-Controle interno: no jogo infantil, são os próprios jogadores que determinam o desenvolvimento dos acontecimentos do jogo.

 

Está correto apenas a alternativa:


I, IV;
I, III, IV;
I, II, IV;
 II, III;
I, II, III;

De acordo com a BNCC, as interações e as brincadeiras são experiências por meio das quais as crianças podem construir e apropriar-se de conhecimentos por meio de ações e interações com seus pares e com os adultos, o que possibilita aprendizagens, desenvolvimento e socialização (BNCC, 2018, p 33).

 

Sobre as interações e brincadeiras, leia as alternativas abaixo:

 

I- As interações e brincadeiras constituem uma via de mão dupla, uma conexão entre as crianças e o ato de aprender que extrapola a definição em palavras. 

II- As interações e brincadeiras proporcionam as crianças brincarem juntas descobrindo a si mesmas e o outro, expressando sentimentos, sensações e emoções, aprendendo novos conhecimentos sobre o mundo e suas relações.

III- As interações juntamente com as brincadeiras, no âmbito pedagógico, têm o propósito de ampliar o universo de experiências, vivências e convivências, trazendo novas habilidades e novas interações.

IV- As interações e brincadeiras constituem uma forma de aprender, a criança brinca, joga, interage sob o olhar de um adulto, que tem como função assistir às crianças para que não se machuquem.

 

Estão corretas apenas as alternativas:


I, II e IV;
I, III e IV;
III e IV;
I, II e III
I e IV;

As interações proporcionam infinitas situações de aprendizagem. É dever da escola e dos professores proporcionar interações de qualidade, que permitam às crianças vivenciar e experimentar situações ricas em desafios e em ludicidade. Sobre essas interações podemos afirmar:

I-Elas possibilitam uma educação integral;

II-É a linguagem das crianças/comunicação própria;

III-Proporcionam alegria, descontração, prazer e liberdade.

IV-Desenvolvem a inteligência;

V-São desenvolvidas pelo professor e pela escola.

 

Está correta apenas a alternativa:


I, II e IIII


 III e IV;


I, e IV


I, II, III e IV;


I, III, IV e V;

 

A BNCC (2018, p. 35) ressalta que “a construção de novos conhecimentos implica, por parte do educador em selecionar, organizar, refletir, planejar, mediar e monitorar o conjunto de práticas e interações. ” 

Para alcançar os objetivos educacionais, o professor deverá organizar os conhecimentos, as pesquisas e brincadeiras, em planos e projetos, com metodologias, recursos diversos, e avaliação adequada. Para tanto necessita:

 

I-Organizar as descobertas da turma com mostras de arte, culminância de estudos, feiras de conhecimento, exposições, publicação de trabalhos, construção de portfólios entre outros.  

II-Criar, sugerir, investigar e propor regras claras, juntamente com as crianças (combinados da sala, valores do grupo, princípios norteadores) para o uso dos “cantinhos lúdicos”, dos espaços externos, das brincadeiras e dos projetos.

III-Direcionar a escolha de temas de estudos e tipo de brincadeiras. Os projetos devem acontecer levando-se em conta a intencionalidade educativa do professor.

IV-Viabilizar as interações e brincadeiras no cotidiano escolar sempre que for oportuno, porque as interações proporcionam às crianças infinitas situações de aprendizagem.

Está correta apenas a alternativa:


I, II,  e III;


I e III;


III e IV;


e IV;


Ie II;

Páginas: 123