ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO


Emilia Ferreiro e seus colaboradores consideram que a escrita, como toda representação, baseia-se em uma construção mental que cria suas próprias regras. Logo, “escrever não é transformar o que se ouve em formas gráficas, assim como ler não equivale a produzir com a boca o que o olho reconhece visualmente”, (1985, p. 55). 

Sobre seus estudos é correto afirmar:

I. (   ) A criança pode utilizar letras convencionais cujo traçado conhece, para representar a escrita, sem estabelecer nenhuma diferenciação entre as palavras.

II. (   ) Nas relações que mantém com a escrita no ambiente em que vive, a criança elabora e testa hipóteses, acerca da lógica de seu funcionamento.

III. (   ) A criança reelabora gradativamente suas hipóteses, por meio de acomodações sucessivas, até chegar à lógica da escrita alfabética.

IV.(   ) A criança deve compreender que existe uma relação entre a letra escrita e o som pronunciado.

Estão CORRETAS as afirmativas:


I, II, III e IV


I, II e IV.


I e II.


III e IV.


II e IV.

Na Disciplina “Alfabetização e letramento”, você estudou sobre o “brincar” que, segundo Houaiss (2009, p. 328), também pode ser conceituado  como “divertir-se infantilmente”.

Dessa forma, leia as afirmativas a seguir:

 

 I -  A brincadeira é um elemento de socialização das práticas sociais e dos elementos culturais. Representa um momento de contato com a leitura da realidade social.

II - Quando digo leitura não quero dizer o ato de codificação e decodificação do alfabeto. Mas, sim, da leitura do mundo que rodeia a criança, da sua forma de percepção do mundo.

III - É por meio da leitura de mundo que a criança dá sentido aos atos e às manifestações do comportamento humano, realizando aprendizagens individuais e coletivas.

IV - Por meio do brincar, a criança apreende as regras sociais, constrói valores, organiza e reorganiza conceitos.

V –   Por meio do brincar, a criança aprende a lidar com frustrações, com alegria, adota hábitos de autocuidado e vive o seu tempo de construção do imaginário.

 

Estão CORRETAS as afirmativas contempladas em:


I,  III, IV e V  apenas.


Todas as afirmativas estão corretas.


I e II apenas


I, II, IV e V apenas


I, II e III apenas

Até meados da década de 1980, a discussão acerca das práticas de alfabetização se relacionava principalmente ao debate sobre os métodos mais eficazes para ensinar a ler e escrever, que envolviam os sintéticos, analíticos e analítico-sintéticos.

A alfabetização pelos métodos tradicionais – principalmente os cartilhados – partiam sempre do princípio de que o aluno era um mero recebedor passivo de algo pronto: a língua.

 

Considerando o enunciado, julgue as afirmativas abaixo, indicando “V” para as que forem consideradas verdadeiras e “F” para as falsas.

 

(  ) Ensinar a ler e escrever com base nos métodos analíticos ou sintéticos exigia que as crianças apresentassem uma prontidão para o início do processo de alfabetização.

 

(  ) A  prontidão estava relacionada ao desenvolvimento de habilidades perceptivas e motoras e, na maioria das vezes, era desenvolvida na Educação Infantil ou nos primeiros meses da 1ª série do Ensino Fundamental.

 

(  ) O trabalho com a linguagem nessa primeira etapa da escolarização era  composto por atividades que levavam as crianças a desenvolver habilidades de coordenação motora e discriminação auditiva e visual.

 

(   ) Nesse contexto, a leitura e a escrita eram estimuladas, e o acesso aos textos eram provocados e estendiam-se, muitas vezes, à prática de explorar histórias tanto pela professora como pelos alunos, como forma de tornar o texto escrito desafiador e,  consequentemente, “possível” de ser recriado.

 

A sequência correta está em:


F – F – F – V 


V – V – V – F


F – V – F – V 


V – V – F – V 


V – V - F – F 

Durante os encontros para o planejamento do ano letivo em uma escola, alguns   elementos foram considerados como os mais importantes.

Dentre estes, destaca-se o conhecimento da realidade dos  alunos e, por isso, no planejamento das atividades, foi preciso levar-se em conta também que

 

(I) os alfabetizandos vivem numa sociedade letrada, em que a língua escrita está  presente de maneira visível  e marcante nas atividades cotidianas;

(II) para se alfabetizarem, os  discentes precisam compreender alguns princípios de funcionamento do sistema de escrita;

(III) elementos essenciais da oralidade, como a entonação, não são registrados na escrita;

(IV)  a criança é um sujeito que pensa. Um sujeito que assimila para compreender, que constrói seu próprio conhecimento para apropriar-se do conhecimento dos outros;

(V) as crianças constroem hipóteses e, por isso, é importante conhecer cada nível de escrita. Para tal, a avaliação diagnóstica é fundamental.

 

As afirmativas CORRETAS estão contempladas em:


Todas as alternativas estão corretas.


I, II, III e V apenas  


III e V apenas


I, III e IV apenas


II, IV e V apenas 

Em relação ao ensino da leitura e da escrita, as práticas de alfabetização baseadas em diferentes métodos de ensino, que até hoje se fazem presentes em algumas escolas começaram a se desenvolver a partir do século XVII (BRASLAVSKY,1988).

 

Até meados da década de 1980, a discussão acerca das práticas de alfabetização se relacionava principalmente ao debate sobre os métodos mais eficazes para ensinar a ler e escrever.

 

Tais métodos, apesar de se diferenciarem no que se refere à unidade da língua se assemelhavam em muitos aspectos. São eles:

 I. Sintéticos

II. Analíticos

III. Analítico-sintéticos

IV. Globais

 

São corretas as afirmativas:


III apenas.


I, II e III.


I, II, III e IV.


II apenas.


I e II.

Para a apropriação do sistema de escrita, os alunos precisam compreender as regras que orientam a leitura e a escrita no sistema alfabético.

Partindo da ideia explícita na afirmativa, pode-se afirmar que NÃO faz parte das capacidades importantes para a  apropriação  do sistema de escrita do português:


Compreender a natureza alfabética do sistema de escrita.


Compreender a função de segmentação dos espaços entre as palavras.

 


Compreender a orientação e o alinhamento da escrita da língua portuguesa.


Compreender a inserção do dominado na cultura da elite.


Dominar as relações entre grafemas e fonemas.

Trabalhar conhecimentos, capacidades e atitudes envolvidas na compreensão dos usos e funções sociais da escrita implica, em primeiro lugar, trazer para a sala de aula e disponibilizar, para observação e manuseio pelos alunos, muitos textos, pertencentes a gêneros diversificados, presentes em diferentes suportes. Mas implica também, ao lado disso, orientar a exploração desses materiais, valorizando os conhecimentos prévios do aluno, possibilitando a ele deduções e descobertas, explicitando informações desconhecidas.

Tendo como referência esta afirmativa, o professor pode desenvolver atividades que possibilitem aos alunos:

 

 I. ler livros, jornais e revistas e conversar sobre a leitura;

 

 II. reconhecer e classificar, pelo formato, diversos suportes da escrita, tais como livros, revistas, jornais, folhetos;

 

 III. identificar as finalidades e funções da leitura de alguns textos a partir do exame de seus suportes;

 

IV. relacionar o suporte às possibilidades de significação do texto.

 

Estão CORRETAS as afirmativas:


I e II.


I, II, III e IV.


III e IV.


I, II e III.


II e IV.

Você e seus colegas de turma estão discutindo as contribuições de um ambiente alfabetizador. Pensar nesse ambiente é um dos primeiros passos do professor e, de certa forma, ele está expondo o trabalho dele. Neste sentido, podemos afirmar que

 

(I) é nesse espaço que as relações se efetivam, criam vida!

(II) um ambiente alfabetizador criativo desmotiva o aluno.

(III) este espaço conta as experiências realizadas pelas crianças e pelo educador, como é o grupo, quais são as suas descobertas, seus questionamentos e suas conquistas.

(IV) tudo que é vivido neste espaço é marco referencial de construção de conhecimentos.

(V)   nele   deve haver as condições materiais e sociais para se desenvolver a alfabetização.

As afirmativas CORRETAS estão contempladas em:


Todas as alternativas estão corretas.

 


I, II e IV apenas


II e V apenas


I, III, IV e V apenas  


III, IV e V apenas 

A criança que cresce em constante contato com a leitura e a escrita acaba se apropriando da língua escrita de maneira mais autoral e adquirindo experiências. Neste sentido, é  muito interessante, tornar o ambiente de convivência da criança repleto de atos de leitura e escrita, de forma a inseri-la desde cedo no mundo das letras. Em suma, deixar o ambiente mais alfabetizador.

 

Para tal, analise as afirmativas a seguir e marque as que contribuem na construção deste ambiente:

I. (    ) Preparar receitas culinárias na presença da criança e explorar rótulos de embalagens.

II. (    ) Fazer listas de compras e aproveitar situações da rua.

III. (    ) Ler histórias diversas e outros materiais escritos.

 

São corretas:


 


III apenas.


II e III.


I, II e III.


I e III.


II apenas.

No primeiro ano do Ensino Fundamental, os alunos precisarão iniciar, aprofundar e consolidar alguns conhecimentos convencionais, tais como compreender que as palavras são escritas com letras e que há variação na sua ordem, contar oralmente as sílabas das palavras e compará-las quanto ao tamanho, perceber as semelhanças sonoras iniciais e finais, reconhecer que as sílabas variam quanto a sua composição, além de perceber que as vogais estão presentes em todas as sílabas.

 

Em relação à apropriação do Sistema de Escrita Alfabética (SEA), alguns direitos de aprendizagem que podem ser consolidados logo no primeiro ano do Ensino Fundamental:

 I. (     ) Reproduzir seu nome.

II. (     ) Reconhecer e nomear as letras do alfabeto.

III. (     ) Diferenciar letras de números e outros símbolos.

IV. (     ) Conhecer a ordem alfabética.

 

Estão CORRETAS as afirmativas:


I, II, III e IV.


I e IV.


I, III e IV.


II e IV.


I, II e III.

Páginas: 12345