ÉTICA NAS ORGANIZAÇÕES


A constituição do sujeito é fundamental para o comprometimento da comunidade educativa com o processo de inclusão, pois ele é capaz de relacionar-se com a realidade, promovendo mudanças na cultura organizacional. Silva (2004, p. 98), criador da Pedagogia do Sujeito Coletivo, afirma que uma pedagogia da constituição de sujeitos coletivos deverá, portanto, procurar conduzir seus integrantes a:

I -  vivenciarem um momento de encontro onde predomine sentimentos de estranhamento e aversão. 

II-  vivenciarem a oportunidade de praticar uma tarefa comum onde possam exercitar julgamentos comuns, de modo a construírem uma comum visão de mundo;

III - um comprometer-se pessoal e grupalmente com objetivos e metas;

IV-  assumirem ou acolherem uma identidade comum;

V- atuarem publicamente com essa identidade enfrentando os desafios dos ambientes físico e social; 

Assinale a alternativa correta. 


Somente as afirmações I, II, IV e V são consideradas condutas estimuladas pela  pedagogia da constituição de sujeitos coletivos. 


Somente as afirmações III, IV e V  são consideradas condutas estimuladas pela  pedagogia da constituição de sujeitos coletivos. 


Somente as afirmações I, II, III e IV  são consideradas condutas estimuladas pela  pedagogia da constituição de sujeitos coletivos. 


Somente as afirmações II, III, IV e V são consideradas condutas estimuladas pela  pedagogia da constituição de sujeitos coletivos. 


Somente as afirmações III e IV são consideradas condutas estimuladas pela  pedagogia da constituição de sujeitos coletivos. 

Analise as assertivas a seguir: 

Dominação é a probabilidade de encontrar obediência a uma ordem. 

PORQUE 

A situação de dominação está ligada à presença efetiva de alguém mandando.

Acerca do poder em Max Weber, pode afirmar que:


A primeira é uma assertiva falsa; e a segunda, verdadeira.


A primeira é uma assertiva verdadeira; e a segunda, falsa.


As duas assertivas são verdadeiras, mas não estabelecem relação entre si.


As duas assertivas são verdadeiras, e a segunda é uma justificativa da primeira.


Ambas as assertivas são falsas em relação ao poder.

Em certo sentido, a busca pela definição de humanização, ou ainda, pelas bases da reta ação da humanidade, perpassa pela explanação e identificação antropológicas. Ou seja, é necessário tratar aspectos fundamentais do humano. Acerca da humanização, julgue as assertivas a seguir, assinalando V, para as verdadeiras e F, para as falsas. 

(   ) Ser não é tão simples como se pensa. Ser requer de nós uma evolução enorme; exige passos esperados e inesperados.

(   ) As ações para o entendimento humano se resumem em atitudes cabíveis, somente, não sendo necessária uma concepção aprofundada.

(   ) Ser humano é um emaranhado de dimensões. Dentro dessas dimensões sobressai uma, responsável pelo comportamento humano: a psicológica.

(   ) Por ser racional, igualável e semelhante, o humano depende do outro e não se adapta facilmente às situações cotidianas da vida.


F, F, F e F.


V, V, F e F.


V, F, V e F.


V, V, V e V.


F, F, V e V.

A moral é comumente entendida como conjunto de regras e princípios que orientam determinado indivíduo. Ela é formada a partir das instituições sociais, tais como família, sociedade, escola, religião etc. Para melhor compreendê-la, seu estudo subdivide-se em dimensões. Sobre as dimensões, a assertiva correta é:


Em verdade nenhuma das dimensões são consideradas importantes, uma vez que há sempre uma variação espaço-temporal.


Analisar a moral social é compreender que a sociedade constroi um conjunto de valores que não se modifica ao longo dos anos.


As dimensões se completam, uma vez que é pela dimensão social que se formam todas as outras.


No campo da dimensão histórica, a moral é entendida em sua evolução ao longo da vida do humano.


A dimensão pessoal da moral consiste em toma-la como única e singular, sem dividi-la.

Os juízos nada mais são do que emissões de valores morais, muitas vezes, agressivas. Considerando-se a diversidade e heterogeneidade da contemporaneidade, tais juízos precisam passar pelo “filtro” ético, que consiste em equilibrar:


Querer, poder e dever.


Dúvida, pergunta e certeza.


Ser, estar e agir.


Análise, crítica e abstração.


Vícios, desejos e paixões.

Um dos aspectos centrais para a manutenção do poder é a _____________. Ela pode ser tomada como habilidade para afetar decisões e ações de outras pessoas, mesmo não possuindo autoridade ou força para assim proceder. É evidente que a _____________ não necessariamente precisa ser exercida por um cargo ou situação determinada.

Os conceitos que completam a frase são, respectivamente:


Razão e política.


Influência e autoridade.


Influência e influência.


Prática e autoridade.


Política e autoridade.

O comportamento humano varia de acordo com o conjunto de valores que ele desenvolve, na medida em que toma contato com as inúmeras fontes de princípios. Como um conjunto variado, a dimensão psicológica acaba se orientando pela disposição do julgamento, e o comportamento acaba seguindo a disposições impostas. Dessa forma, pode-se chegar a concluso que o homem age, na maioria das vezes, através:


Do preconceito.


Do dinamismo.


Da crítica.


Da razão.


Do julgamento.

Desmoralização, descaracterização, desvalorização, desculturação, desmaterialização, dessubstancialização são características comuns do tempo presente que recebe o nome de:


Entendimento relativo.


Prática alienada.


Verdade absoluta.


Realidade paralela.


Vazio existencial.

Quando se fala, em muitas das vezes, de imposição de valores e cultura, pode-se incorrer numa prática conhecida como inculturação. O resultado final desse tipo de prática pode se converter em monocultura. Acerca da monocultura, analise os fragmentos a seguir, e assinale o que contém o conceito. 

I. Monocultura diz respeito a falta de ações éticas, a necessidade de lucro e a influência política que levam ao conflito e a guerra.

II. A monocultura é a imposição de um padrão. É um processo que anula as características individuais de determinada sociedade.

III. Monocultura é o estabelecimento de uma sociedade na qual existam ameaças reais às diferenças sociais, em que todos são iguais.

IV. A monocultura é o desenvolvimento de reivindicações de direitos fundamentais, individuais e coletivos, mediante uma situação de opressão.


A assertiva III contém o conceito.


A assertiva IV contém o conceito.


A assertiva I contém o conceito.


A assertiva II contém o conceito.


As assertivas I e II contém o conceito.

Em seu livro “Ética, educação e trabalho”, especificamente no capítulo 1, o professor Otávio Weber aponta para a transformação da realidade humana, e seus desejos, que se voltaram para o alcance de bens materiais. Assim, analise as seguintes assertivas:

  1. As ações dos humanos contemporâneos estão voltadas somente para a garantia das vontades pessoais, esquecendo-se do fundamental.
  2. Como consequência das escolhas simplesmente materiais, o humano acabou perdendo o tempo destinado a outras ações.
  3. A vida humana, tendo como base esse novo comportamento, aponta mais para a necessidade de ações coletivas.
  4. Essas escolhas vão impactar em outras etapas da formação e do desenvolvimento humano, tais como a realidade psicológica e emotiva. 

Estão de acordo com as ideias do professor Weber somente as assertivas:


1 e 3.


1, 2 e 3.


3 e 4.


1 e 2.


1, 2 e 4.