PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL II


Antes de se iniciar os cálculos quantitativos a respeito de uma reação química, sempre devemos realizar o balanceamento da mesma. O processo de balanceamento se faz necessário, pois irá garantir que o mesmo número de átomos de cada elemento apareça em ambos os lados da equação. Sabendo que é possível realizar o balanceamento por tentativa, marque a alternativa correspondente aos coeficientes estequiométricos da reação abaixo:

C8H18(l) + O2(g) à CO2(g) + H2O(l) (reação não balanceada)


1 – 25 – 16 – 18


3 – 10 – 16 – 20


2 – 20 – 10 – 18


2 – 25 – 16 – 18


1 – 10 – 16 – 20

Em um laboratório de análises de fertilizantes, um analista precisa preparar 500 mL de hidróxido de amônio (NH4OH) 0,25 mol/L. De acordo com essas informações, qual deverá ser o volume de soluto pipetado para que essa solução seja preparada? Dados: MM = 35 g/mol, teor = 98% (v/v) e densidade = 0,88 g/mL.


10,25 mL


8,80 mL


5,07 mL


15,71 mL


9,74 mL

No preparo de soluções sempre usamos um balão volumétrico, independente se o soluto é sólido ou líquido. Ou seja, sempre adicionamos o soluto ao balão volumétrico e completamos com solvente até o menisco. Caso sejam adicionados 5,3 g de CuSO4 em um balão de 100 mL e o volume completado com água, qual será a concentração molar da solução? Dados: MM = 159 g/mol e teor = 96%.


1,00 mol/L


0,12 mol/L


0,50 mol/L


0,32 mol/L


0,75 mol/L

É comum trabalharmos com cloreto de sódio (NaCl) em nosso dia-a-dia e dos tipos de concentrações que podemos utilizar para preparar soluções é a concentração comum e a concentração molar (molaridade). Sendo assim, caso você queira misturar 0,5 g de sal em um balão volumétrico de 0,25 litros e completar o volume com água, qual será, respectivamente, a concentração comum e a concentração molar dessa solução? Dados: NaCl = 58,5 g/mol e teor = 100%.


0,1 g/L e 0,01 mol/L


2 g/L e 0,5 mol/L


2 g/L e 0,034 mol/L


0,125 g/L e 0,5 mol/L


0,5 g/L e 0,034 mol/L

Considerando que queiramos converter glicose (C6H12O6) em CO2 e H2O na presença de oxigênio. Caso tenhamos uma quantidade de 27 gramas de glicose, utilizando seus conhecimentos sobre estequiometria, qual a massa necessária de O2 para converter toda a glicose em dióxido de carbono e água? Dados? C = 12 g/mol; H = 1 g/mol; O = 16 g/mol.

C6H12O6(s) + O2(g) à CO2(g) + H2O(l) (reação não balanceada)


4,8 g


28,8 g


4,5 g


162 g


34,56 g

Em um laboratório de análises clinicas, um analista deseja preparar uma solução de peróxido de hidrogênio (H2O2) para se determinar o teor de ferro no sangue. Para que análise seja possível, é necessário preparar 50 mL de H2O2 10% (v/v), sabendo que a pureza do soluto é de 50% (v/v), calcule o volume necessário que o analista deverá pipetar para preparar a solução mencionada.


2,5 mL


15 mL


5 mL


20 mL


10 mL

As soluções formadas por solutos sólidos e solventes líquidos são as mais encontradas em laboratórios e indústrias. Imaginando uma situação de um analista em um laboratório de pesquisa, na qual o mesmo precisa preparar uma solução de 2 litros de NaOH 0,5 mol/L, qual deverá ser a massa de soluto pesada para que essa solução seja preparada? Dados: MM = 40 g/mol e teor = 100%.


30 g


20 g


50 g


40 g


10 g

Provavelmente a reação de neutralização mais comum de seu cotidiano é a que ocorre depois da ingestão de alimentos calóricos. Tudo começa com uma sensação de queimação no estômago, mais conhecida como azia. A solução para esse problema é ingerir um antiácido estomacal. O princípio ativo desse medicamento nada mais é que do que uma base (Mg(OH)2) que irá neutralizar o ácido estomacal (HCl) responsável pela azia. Vamos imaginar então que a quantidade de HCl presente em seu estomago seja igual a 3,0 g, qual o volume de Mg(OH)2 que deveremos ingerir para neutralizar todo o ácido? Dados: H = 1 g/mol; Cl = 35,5 g/mol; O = 16 g/mol; Mg = 24 g/mol.

OBS: Como o Mg(OH)2 é um medicamento, sua pureza é de apenas 30% (m/v).

 

HCl + Mg(OH)2 à MgCl2 + H2O (reação não balanceada)


9,53 mL


37,78 mL


7,94 mL


15,89 mL


5,87 mL

Imaginando uma situação de um analista em um laboratório de pesquisa, na qual o mesmo precisa preparar uma solução de 2 litros de HCl 0,5 mol/L, qual deverá ser o volume de soluto pipetado para que essa solução seja preparada? Dados: MM = 36,5 g/mol, teor = 37% (v/v) e densidade = 1,18 g/mL.


83,60 mL


11,44 mL


41,80 mL


11,80 mL


116,41 mL

Em um laboratório de análises de fertilizantes, um analista precisa preparar 500 mL de citrato de amônio 0,25 mol/L. De acordo com essas informações, qual deverá ser a massa de soluto pesada para que essa solução seja preparada? Dados: MM = 226 g/mol e teor = 95% (m/m).


118,95 g


28,25 g


56,5 g


26,84 g


29,74 g

Páginas: 12