GESTÃO DOS TRANSPORTES E DA ARMAZENAGEM


Para responder essa questão você pode se basear nos estudos sobre a crise nos transportes de carga do Brasil.

 

A produção e exportação de mercadorias para o exterior tem crescido muito no Brasil, mas, a logística de transporte de cargas no não tem acompanhado este crescimento e, neste cenário, gargalos no escoamento de cargas são identificados. Sobre o assunto, analise as assertivas a seguir:

 

I. São chamados de gargalos os obstáculos que influenciam nos resultados de abastecimento e economia como, por exemplo, a deficiência dos portos.

II. A demora no despacho de contêineres nos portos brasileiros é um dos motivos que, em algumas situações, levam ao cancelamento de contratos de compra por parte dos clientes.

III. Há situações no Brasil em que a carga migra de um para outro porto, devido à estrutura disponível, ampliando os quilômetros percorridos pela produção.

 

Está (ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):

 


I, apenas.


I, II e III.


II e III, apenas.


III, apenas.


I e II, apenas.

Para responder essa questão você pode se basear nos estudos sobre a crise nos transportes de carga do Brasil.

 

_____(A)_____ são estruturas que atuam como centros de distribuição, que podem contribuir na ampliação da eficiência e obter vantagens econômicas  quando o assunto é armazenagem de cargas. A palavra que preenche corretamente a lacuna (A) é:

 


Galpões logísticos.


Estoques.


Transportes intermodais.


Jobbing.


Veículos de carga.

Para responder essa questão você pode se basear nos estudos sobre sistemas de transporte e logística.

 

A movimentação de cargas da cadeia de suprimentos envolve custos com transportes, sendo eles os responsáveis pelos maiores investimentos financeiros dentro da cadeia logística, contribuindo com o preço final dos produtos. Sobre os custos logísticos do transporte, analise as assertivas a seguir.

 

I. Fatores como o preço de aquisição e atualização de software de monitoramento do transporte de cargas, podem influenciar no custo final de um produto.

II. O investimento financeiro com o pagamento dos profissionais envolvidos na movimentação de cargas é considerado um custo variável.

III. O planejamento logístico de transporte de cargas deve ser dimensionado, levando em consideração aspectos como os custos operacionais, o tamanho ideal da frota, a necessidade da demanda e o desempenho dos transportes.

 

Está(ão) correta(s) a(s) assertiva(s):

 


I, apenas.


I e III, apenas.


III, apenas.


I e II, apenas.


I, II e III, apenas.

Para responder essa questão você pode se basear nos estudos sobre gestão de estoques e armazenagem.

 

A falta de controle de estoque pode trazer vários problemas à empresa, incluindo a insatisfação do cliente, já que pode ser motivo de atrasos ou entrega incorreta de produtos. A codificação e endereçamento de produtos, bem como a elaboração de inventários, são ferramentas que auxiliam na organização do estoque. Sobre estes assuntos, julgue as assertivas em (V) para verdadeiro e (F) para falso:

 

(           ) Na codificação de um produto, informações importantes sobre ele podem ser armazenadas e disponibilizadas por meio de acesso a um código. Este código pode ser composto por caracteres alfabéticos, alfanuméricos ou numéricos e ser representado graficamente por códigos de barras, neste caso, lidos por meio de scanners.

(           ) O Brasil utiliza o código EAN (European Article Numbering) para codificar produtos. Tal código, que pode ser de diferentes tipos, pode identificar o país de origem, o fabricante, além de conter informações sobre o produto.   

(           ) A etiqueta inteligente (ePC) possui um chip emissor de radiofrequência, que é captado por um equipamento RFID. Apesar de ser uma tecnologia nova no mercado, a ePC não é tão eficiente no armazenamento e disponibilização de informações do produto quanto os códigos de barra convencionais.

(           ) A elaboração de inventários envolve a identificação, classificação e contagem dos itens estocados, além da comparação desta contagem com o que está registrado no sistema.

(           ) Os inventários podem ser físicos periódicos, quando feitos várias vezes ao longo do ano, ou rotativos, quando feitos no fim do exercício fiscal.

(           ) A partir da elaboração de inventários é possível identificar as perdas de mercadorias, sobras, excessos e ausências de produtos no estoque, além de permitir a comparação da quantidade de produtos físicos àquela que está registrada no sistema.

 

Após julgar as assertivas, marque a alternativa que apresenta a sequência correta de preenchimento das lacunas:

 


F, F, F, V, V, V.


V, V, F, V, F, V.


F, V, F, V, F, V.


V, F, F, V, F, V.


V, V, V, V, F, V.

Para responder essa questão você pode se basear nos estudos sobre gestão de estoques e armazenagem.

 

As técnicas de controle de estoque são ferramentas importantes para a gestão da armazenagem. Em uma delas é feita uma análise cronológica da entrada de materiais, e aqueles itens que são estocados primeiro também devem ser os primeiros a serem destinados à produção (no caso de matérias-primas), ou serem expedidos após um pedido (no caso de produtos). Assinale a alternativa que apresenta a sigla correta desta técnica:

 


LIFO


UEPS


FILO


FIFO


FEFO

Para responder essa questão você pode se basear nos estudos sobre desafios da armazenagem.

 

A Lei n. 5991, de 17 de dezembro DE 1973, que dispõe sobre o controle sanitário do comércio de drogas, medicamentos, insumos farmacêuticos e correlatos, e dá outras providências, conceitua fármaco como substância química que possui o princípio ativo do medicamento que, por sua vez, é considerado um produto farmacêutico tecnicamente obtido ou elaborado com a finalidade profilática, curativa ou para fins de diagnóstico. Devido à importância da manutenção de suas características, necessita de condições especiais de armazenamento e transporte. Sobre o assunto, analise as assertivas a seguir.

 

I. Caso as condições de umidade, temperatura, ventilação e luminosidade de armazenamento não estejam adequadas, o fármaco poderá ter a sua estabilidade e eficácia comprometidas.

 

II. A Resolução RDC nº 17 de 16 de abril de 2010 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária dispõe sobre as “Boas Práticas de Fabricação e Controle para a Indústria Farmacêutica”, diretriz que prevê a qualidade, eficácia e segurança de produtos farmacêuticos, incluindo a armazenagem e o transporte.

 

III. Garantir que a embalagem esteja íntegra, bem como condições especiais de refrigeração e proteção contra luminosidade, são importantes para que as características físico-químicas de um fármaco sejam preservadas.

 

Após a análise das assertivas, marque a alternativa correta:

 


I, II e III estão corretas.


Apenas I e III estão corretas.


Apenas II e III estão corretas.


Apenas I e II estão corretas.


Apenas I está correta.

Para responder essa questão você pode se basear nos estudos sobre Conceitos e características da armazenagem e estocagem.

 

A palavra armazém tem origem árabe, sendo derivada de al-mahazán, que significa sótão, entreposto, botica ou celeiro. Ou seja, a partir da etimologia da palavra temos uma noção de uma de suas funções: o acondicionamento ou guarda de materiais. Lembrando que esta não é a única função de um armazém, analise as assertivas a seguir marcando (V) para verdadeiro e (F) para falso.

 

(        ) De todas as atividades realizadas em um armazém, as únicas que são delegadas a outros setores da empresa são embalagem e expedição de produtos para o consumidor final.

(        ) Quando chegam na área de armazenagem, os produtos ou matérias-primas recebidos nas docas são sempre enviados a outro setor: o de estocagem de materiais.  

(        ) O setor de armazenagem de uma empresa realiza a identificação da localização do material no armazém, a partir de um pedido do cliente ou da demanda do setor de produção, e movimenta o item até o local de preparação para expedição ou linha de produção.

(        ) Em um armazém, as matérias-primas e/ou produtos que chegam à doca de recebimento são descarregados, conferidos, triados e encaminhados para a armazenagem.

 

Após julgar as assertivas, marque a alternativa que apresenta a sequência correta de preenchimento das lacunas:

 


F – F – V – F.


F – V – F – V.


V – F – V – V.


F – F – V – V.


V – F – V – F.

No planejamento da logística de transportes, é fundamental conhecer os pilares no qual o frete deve ser embasado. Abaixo destacamos uma tabela de frete completa para um dos sistemas do transporte terrestre:

(Fonte: Anuário NTC&Logística)

 

O frete faz parte do custo de produção. Ou seja, as operações industriais ou os fornecedores de primeira camada (no campo) necessitam colher, transferir, armazenar, movimentar, produzir e etc continuamente até chegar aos consumidores. Desta maneira, esse custo entra na cadeia de suprimentos como um custo logístico.

 

Assim, partindo dos conceitos apresentados, assinale a única alternativa correta que apresenta oportunidades de redução de custos nas operações de transporte.


  • A distância da mercadoria até o centro de comercialização, pois a distância é o principal vilão no valor do frete;
  • As condições das estradas rurais, porque elas normalmente não são pavimentadas, o que onera a atividade;
  • Rodagem em pistas que apresentam um certo grau de periculosidade;
  • Transporte de cargas em portos e aeroportos que apresentam grande quantidade de pedágios com preços altos, pois também encarecem o frete.

  • A distância da mercadoria até o centro de comercialização, pois a distância é o principal vilão no valor do frete;
  • As condições das estradas rurais, porque elas normalmente não são pavimentadas, o que onera a atividade;
  • Rodagem em pistas que apresentam um certo grau de periculosidade;
  • Transporte de cargas em rodovias que apresentam grande quantidade de pedágios com preços altos, pois também encarecem o frete.

  • A distância da mercadoria até o centro de produção, pois a distância não é o principal vilão no valor do frete;
  • As condições das estradas rurais, porque elas normalmente não são pavimentadas, o que onera a atividade;
  • Rodagem em pistas que apresentam um certo grau de confiança;
  • Transporte de cargas em rodovias que apresentam grande quantidade de pedágios com preços altos, pois também encarecem o frete.

  • A distância da mercadoria até o centro de comercialização, pois a distância é o principal vilão no valor do frete;
  • As condições das estradas rurais, porque elas normalmente não são pavimentadas, o que onera a atividade;
  • Rodagem em pistas que apresentam um certo grau de periculosidade;
  • Transporte de cargas em aeroportos que apresentam grande quantidade de pedágios com preços altos, pois também encarecem o frete.

  • A distância da mercadoria até o centro de comercialização, pois a distância é o principal vilão no valor do frete;
  • As condições das estradas urbanas, porque elas normalmente não são pavimentadas, o que onera a atividade de campo - como a agricultura.
  • Rodagem em pistas que apresentam um certo grau de periculosidade;
  • Transporte de cargas em rodovias que apresentam grande quantidade de pedágios com preços altos, pois também encarecem o frete.

Para responder essa questão você pode se basear nos estudos sobre transporte modal e intermodal.

 

Multimodalidade e intermodalidade são termos utilizados em logística de transportes e referem-se às operações caracterizadas pela utilização associada de mais de um modal de transporte. Com relação a estas duas operações, analise as assertivas a seguir:

 

I. Embora sejam termos diferentes, modalidade e intermodalidade apresentam como única diferenciação o tipo de contrato que apresentam, em relação aos modais que serão utilizados para o transporte de cargas.

II. O Operador de Transporte Multimodal (OTM) é um profissional com registro no Ministério dos Transportes cuja atribuição principal, como o próprio nome indica, é a organização da operação logística dos transportes e a emissão do Conhecimento de Transporte Multimodal (CTM).

III. No transporte intermodal a emissão dos documentos de operação deve ser processada individualmente e, para cada mudança de carga, um novo contrato deve ser gerado.

 

Está(ão) correta(s) a(s) assertiva(s):

 


I, II e III.


III, apenas.


I e II, apenas.


I e III, apenas.


II e III, apenas.

Para responder essa questão você pode se basear nos estudos sobre gestão de estoques e armazenagem.

 

Se você fosse responsável pelo setor de estoque de uma empresa e notasse que determinada matéria-prima importante para a produção de um bem está acabando, o que você faria? Provavelmente, solicitaria a reposição do estoque, não é mesmo?! Apesar de parecer simples, esse processo envolve planejamento e cálculo de previsões, embora possa seguir modelos. Um deles indica uma quantidade de pedido padrão, caso os estoques atinjam determinado nível mínimo. Tal modelo recebe o nome de:

 


Reposição contínua.


Intervalo padrão.


Reposição periódica.


Estoque moderado.


Estoque máximo.

Páginas: 123