DAS COMUNIDADES PRIMITIVAS À ANTIGUIDADE


Assim como o território é diverso, os povos que habitaram a África também o são. Devido a essa diversidade, alguns desses povos possuem características particulares de acordo com as regiões que habitam.

Com base na afirmativa acima, associe a primeira coluna com a segunda:

(1) Soninkés

(2) Berberes

(3) Iorubá

(4) Kush

(5) Hauças

 

( ) povos nômades e comerciantes que atravessavam todo o deserto do Saara, o que possibilitou o contato com outros povos e um intenso intercâmbio cultural.

 

( ) esse povo, também conhecido por núbio, habitou o sul do Egito e possuía abundantes reservas minerais e comercializavam peles de animais.

 

( ) povos agricultores que habitavam a região sul do deserto do Saara. Também criavam animais e comercializavam o ouro com os povos do deserto.

 

( ) conjunto de povos que viveu no território da atual Nigéria e possuíam tronco linguístico semelhante. Agruparam em cidades-estados, de religião islâmica, eram guerreiros e estavam habituados ao comércio com outras regiões.

 

( ) por possuir o mesmo tronco linguístico e cultura semelhante, agrega vários povos. Possuíam hábitos urbanos, sua maior cidade deu origem ao reino sagrado Ilê-Ifé. Sua área de ocupação abrange os atuais Nigéria, Benim e Gana.

 

A sequencia correta está contida em:


1-2-3-4-5
5-4-3-2-1
1-5-2-4-3
2-4-1-5-3
2-4-3-5-1

Os noticiários sobre o continente africano, na maioria das vezes, destacam os problemas sociais, os conflitos étnicos, a fome, as doenças, entre outros fatores negativos. No entanto, esse continente possui muitas belezas naturais, além de apresentar grande diversidade cultural. A África pode ser vista de vários formas, tudo dependendo do olhar que se lança sobre sua história.

Sabendo disso, aponte a alternativa que expressa como a antiguidade africana, historicamente, tem sido vista e ensinada pela educação brasileira.


Existia uma postura de profunda indiferença em relação à antiguidade africana.
O educadores sempre se insubordinaram contra as determinações institucionais que determinavam a proibição do ensino sobre a a cultura africana, visto que valorizavam essa cultura.
A antiguidade africana sempre foi bem vista e valorizada nos currículos escolares pelos educadores brasileiros.
A educação brasileira nunca se sentiu comprometida com o ensino de culturas menores, ágrafas e sem expressão.
O Egito, por si só, encarna o que chamamos de antiguidade africana, sendo ele altamente valorizado pela educação brasileira.

Como vimos, a história humana é marcada por conquistas no campo do conhecimento. Sendo assim, identifique qual foi a conquista intelectual considerada pela historiografia tradicional como sendo o marco final da Pré-história


A organização das primeiras cidades


O uso do fogo.


O aparecimento da propriedade privada.


O desenvolvimento de armas de bronze.


A invenção da escrita.

Obcecada pela vida eterna e pela perpetuação da alma, a religião egípcia fascina pelo seu caráter místico. As pirâmides são o testemunho mais perene dessa busca pela eternidade. Nesse sentido, em relação ao culto dos faraós pode-se dizer que revela:


A ignorância dos egípcios em relação à política.


O respeito dos egípcios pela autoridade.


O autoritarismo das classes privilegiadas.


A exclusão dos escravos nas práticas religiosas.


O temor dos egípcios pela morte.

As sociedades orientais da Antiguidade, especialmente a egípcia e a mesopotâmica, desenvolveram-se em regiões semiáridas e legaram inúmeras contribuições políticas, socioeconômicas e culturais às civilizações posteriores. Dentre os aspectos semelhantes e divergentes que podem ser estabelecidos entre essas civilizações, podemos destacar:

 

I - ambas se desenvolveram na região do Crescente Fértil;

II - desenvolveram sociedades com base imperialistas e escravagistas;

III - cercada por vales e desertos, a região do Egito proporcionava certa estabilidade pelo isolamento do território, ao contrario da Mesopotâmia que sofreu várias incursões de outros povos e uma sucessão de domínios na região;

IV - na religião, os mesopotâmicos acreditavam na imortalidade da alma e dedicavam-se à mumificação dos mortos, enquanto os egípcios eram mais mundanos e não dedicavam nenhum cuidado com os corpos de seus mortos.

 

 

As afirmativas corretas estão contidas em:


I e II apenas 


I, II, III e IV 


II e IV apenas


I, II e III apenas


III e IV apenas

Leia atentamente as frases abaixo:

A África, como a conhecemos na imagem cotidiana da mídia, dos livros e da literatura é uma invenção europeia. (AIDAR/DANTAS, 2010, P. 49)

A visão eurocêntrica prevaleceu durante tanto tempo que ainda hoje há uma carência bibliográfica sobre a História da África, fato que, em certa medida, restringe os conhecimentos sobre essa temática. (Idem, p. 43)

De acordo com seus estudos e seus conhecimentos, o estudo da África se tornou particularmente importante no Brasil, pois:


Temos que reconhecer o papel exercido pelos negros no tempo da escravidão.


Temos a segunda maior população afrodescendente do mundo.


Conhecemos a importância que os europeus tiveram neste continente


É de grande interesse para nós o conhecimento de sua flora e fauna.


Somos semelhantes aos povos africanos, devido ao clima tropical.

Leia atentamente o fragmento de texto abaixo:

A África é o único continente do mundo cortado por três importantes paralelos, o Equador e os trópicos de Câncer e de Capricórnio, apresentando grande diversidade climática e botânica. Seu extenso litoral, com mais de 27 mil quilômetros, é muito regular, com poucos recortes e ilhas. A base geológica do relevo africano é muito antiga, o que explica as pequenas altitudes, é um dos mais baixos continentes do mundo, com uma altitude média de cerca de 350 metros. Predominam os planaltos. A hidrografia do continente é pobre, devido à presença de extensas áreas com climas áridos e semi-áridos. Destacam-se poucos rios de grandes extensões, dentre eles o Nilo é o mais importante, há numerosos rios temporários nas regiões áridas. O clima do continente é bem diversificado e é determinado principalmente pelas baixas altitudes e pela predominância de baixas latitudes, as médias térmicas mantêm-se elevadas durante todo o ano, exceto nos extremos norte e sul, e nos picos das mais elevadas montanhas. Algumas correntes marítimas interferem no clima das áreas litorâneas.

Diante da grandeza desse continente, fica a pergunta: de qual região vieram os africanos escravizados trazidos para o Brasil?


Os estudos apontam que a maioria provém da Líbia e do Sudão


Os estudos apontam que a maioria provém da Líbia e do Congo


Os estudos apontam que a maioria provém do Egito e África do Sul


Os estudos apontam que a maioria provém da Etiópia e da Somália


Os estudos apontam que a maioria provém da África Ocidental e Centro-Ocidental. 

Estamos vivendo uma crise socioambiental que demonstra sinais de agravamento se mantidas as tendências atuais de degradação; um problema fortemente relacionado à cultura, nos estilos de pensamento, nos valores, nos pressupostos epistemológicos e no conhecimento, que configuram o sistema político, econômico e social em que vivemos (LUZZI, 2005).

 

A partir da leitura desse fragmento, podemos afirmar que:

 

I) Na verdade, vivemos hoje uma crise do ser no mundo, que se apresenta em toda sua plenitude; nos comportamentos sociais autodestrutivos, nas estruturas internas do sujeito, nos espaços externos, na destruição da natureza e da qualidade de vida das pessoas.

II) A solução dos problemas do presente se encontra na gestão adequada e competente dos recursos naturais e na incorporação das externalidades ambientais aos processos produtivos.

III) A solução para todos os problemas ambientais reside no amadurecimento da espécie humana, na busca pela ruptura das hipocrisias sociais, pela construção de novos desejos, de novos olhares, de novos estilos de comportamento, pensamentos e sentimentos.

 

São corretas as assertivas: 


I e III, apenas


II apenas


II e III apenas


I apenas


I e II apenas

Os movimentos conservacionistas surgiram como tentativa da elite dominante de reservar grandes áreas naturais preservadas para o seu lazer. A partir desse fato, é possível afirmar que: 

 

I) O sucesso da luta ecológica depende muito da capacidade de os ecologistas convencerem a maioria da população, que ainda é pobre, ou até miserável, de que não basta e não se trata, apenas, de cuidar dos rios, não poluindo, de diminuir a poluição do ar, de florestar o reflorestar um lugar ou outro, para que todos tenham uma vida melhor e mais saudável no futuro, ou seja, com mais qualidade.

 

II) É necessário dar uma solução, ao mesmo tempo, para os problemas ambientais e sociais.

 

III) O conceito de Desenvolvimento Sustentável proposto pelo relatório de Brundtland, não passa de uma “fórmula vazia”, pois ela prevê “solidariedade sincrônica e diacrônica entre as pessoas e entre as sociedades [...]”, fato que não vem ocorrendo.

São corretas as afirmações:

 


I apenas


I, II e III


II apenas


II e III apenas


I e II apenas

As narrações históricas tiveram lugar de destaque na Grécia antiga.

 

De acordo com nosso livro (2010, p. 120):

 

"Alexandre da Macedônia, convencido da importância do relato dos fatos para a posteridade, levava consigo historiadores que estavam sempre de prontidão com a finalidade de relatar e difundir seus feitos ao longo da expansão imperial."

 

Dentre os gregos antigos, citados abaixo, assinale a opção que indica o nome daquele que mais se destacou pelas narrações míticas de um passado glorioso:


Sócrates


Tucídides


Heródoto


Platão


Homero

Páginas: 12