QUÍMICA ANALÍTICA I


Em água, alguns ácidos são melhores doadores de prótons do que outros, enquanto que algumas bases são melhores aceptoras de prótons. Sabendo que para calcular o pH de um ácido é necessário conhecer a quantidade de H+ presente na solução. Calcule o pH de uma solução de HBr cuja concentração é igual a 0,2 mol/500 mL.


1,0
13,6
0,4
0,7
1,6

Sabendo que uma solução-tampão é uma mistura usada para evitar que o pH ou o pOH do meio sofra variações quando for adicionado ácidos fortes ou bases fortes. Calcule o pH de uma solução-tampão formada por 600 mL de metanoato de sódio 0,3 mol/L com 500 mL de ácido metanoico 0,3 mol/L após a adição de 15 mL de NaOH 0,2 mol/L. Dados: Ka = 1,8X10-4.


10,15
3,74
5,98
3,84
11,65

Se adicionarmos a uma solução-tampão uma solução de HCl, o pH deveria diminuir, pois o ácido clorídrico libera muitos íons H+. Entretanto esses íons H+ são retirados da solução pelos íons que constituem a solução tampão, formando moléculas não ionizadas e com isso, o pH se mantém. Calcule o pH de uma solução-tampão formada por ácido acético (CH3COOH) 0,1 mol/L e acetato de sódio (CH3COONa) 0,1 mol/L, quando 1 litro dela se adiciona 1 mL de HCl 5 mol/L. Dados: pKa = 4,74.


4,70
9,30
4,74
7,00
9,23

Querendo verificar o grau de acidez de determinado solo um químico coletou certa quantidade de amostra e após tratamento determinou que a quantidade de íons OH- no solo era da ordem de 1,2x 10-5 mol em 35 mL de amostra. Qual foi o pH encontrado para essa amostra de solo?


pH = 10,54
pH = 9,08
pH = 4,92
pH = 3,46
pH = 7,0

A força de doação de prótons de um ácido é medida pela sua constante de ionização ácida (Ka), ou seja, quanto mais alto o valor de Ka, mais forte será o ácido. Calcule o pH de uma solução de ácido carbônio de concentração 0,2 mol/L. Dados Ka = 4,3x10-7.


pH = 6,93
pH = 7,06
pH = 10,46
pH = 0,7
pH = 3,53

A água participa em reações com diversas espécies químicas, o que faz com que ela seja empregada como solvente e reagente; além disso, ela toma parte em muitos processos, formando espécies intermediárias e mais reativas.

 

I.       HNO2 + H2O --> NO2- + H3O+

II.     NH3 + H2O --> NH4+ + OH- 

III.    O2- + H2O --> OH- + OH-

 

De acordo com a teoria de ácidos e bases de Brönsted-Lowry, a classificação correta da água nas equações I, II e III é, respectivamente:


Base, ácido e base.
Base, base e ácido.
Ácido, base e ácido.
Ácido, base e base.
Base, ácido e ácido.

De uma certa substância, fazemos as afirmações a seguir:

I. reage com ácido, dando água e sal

II. em presença de água, sofre dissociação iônica parcial

III. em solução aquosa, torna a fenolftaleína vermelha

A substância que se enquadra nas propriedades dadas é:


SO3
CH4
HCl
BaSO4
Mg(OH)2

Os indicadores sintéticos são compostos orgânicos sintéticos que podem ser solúveis em água como os sais de sódio, ou em álcool, como a fenolftaleína. Esse indicador geralmente é utilizado para titulações de ácidos com bases fortes, como por exemplo, HCl com NaOH. Sobre a fenolftaleína, marque a alternativa correta.


Em pH maior que 7,0 o meio se torna vermelho.
Em pH maior que 8,3 o meio se torna incolor.
Em pH menor que 8,3 o meio se torna vermelho.
Em pH maior que 7,0 o meio se torna incolor.
Em pH maior que 8,3 o meio se torna vermelho.

Para identificar quatro soluções aquosas, A, B, C e D, que podem ser soluções de hidróxido de sódio, sulfato de potássio, ácido sulfúrico e cloreto de bário, não necessariamente nessa ordem, foram efetuados três ensaios, descritos a seguir, com as respectivas observações.

 

I. A adição de algumas gotas de fenolftaleína a amostras de cada solução fez com que apenas a amostra de B se tornasse rosada.

II. A solução rosada, obtida no ensaio I, tornou-se incolor pela adição de amostra de A.

III. Amostras de A e C produziram precipitados brancos quando misturadas, em separado, com amostras de D.

 

Com base nessas observações e sabendo que sulfatos de metais alcalino-terrosos são pouco solúveis em água, pode-se concluir que A, B, C e D são, respectivamente, soluções aquosas de?


K2SO4, H2SO4, BaCl2 e NaOH.
H2SO4, NaOH, BaCl2 e K2SO4.
NaOH, H2SO4, K2SO4 e BaCl2.
BaCl2, NaOH, K2SO4 e H2SO4.
H2SO4, NaOH, K2SO4 e BaCl2.

A escolha de uma técnica adequada é bastante rápida e fácil de ser realizada. A exigência fundamental é conhecer a proporcionalidade entre a magnitude da medida e a quantidade de analito presente. Uma grande quantidade de parâmetros pode ser medida. Quando a propriedade da medida é a massa de um analito puro ou de um composto formado estequiometricamente com o analito, denominamos a técnica de:


Cromatografia
Espectrometria
Eletroquímica
Volumetria
Gravimetria
Páginas: 123