PROJETO DE INFRAESTRUTURA URBANA


São dispositivos instalados em pontos da rede de esgoto onde podem ocorrer depósitos (trechos iniciais de coletores, trechos de pequena vazão ou baixa declividade, entradas de sifões, etc.) e que provocam, mediante descargas automáticas e periódicas de água, a lavagem do coletor:

 


Recalques 


Coletores prediais


Tanques fluxíveis


Sifões invertidos


Reservatórios

O sistema de abastecimento de água compõe-se, geralmente, das seguintes partes, exceto:


Tratamento


Captação


Adução


Drenagem


Distribuição

Sobre as bocas de lobo, assinale a alternativa correta:


Existem apenas 2 tipos de boca de lobo: sistema de captação lateral e sistema de captação vertical.


O sistema de captação vertical deve localizar-se em depressão e é recomendado que o rebaixamento não exceda 15cm para não prejudicar veículos e pedestres na via pública.


São localizadas distantes dos cruzamentos das vias a jusante da faixa de pedestres, ou em pontos intermediários quando a capacidade do conjunto meio-fio-sarjeta fica esgotado.


São caixas de captação das águas colocadas ao longo das sarjetas com a finalidade de captar as águas pluviais em escoamento superficial e conduzi-las ao interior das galerias.


O sistema de captação lateral pode ser construído em grades de ferro ou em concreto armado. Pode estar em cota inferior à sarjeta ou não.

No tocante ao subsistema de drenagem pluvial, assinale a opção correta.

 


Nas cidades medievais, onde o tráfego maior era de pedestres, as águas pluviais escoavam por sobre o pavimento das vias, geralmente em sua parte central.


As galerias são elementos do subsistema de drenagem de águas pluviais que possibilitam o acesso às canalizações, para limpeza e inspeção.


O subsistema de drenagem pluvial tem a função de promover o adequado escoamento das massas líquidas provenientes das chuvas e dos rios que caem nas áreas urbanas, assegurando o trânsito público e a proteção das edificações, bem como evitando os efeitos danosos das inundações.


As sarjetas, entre o passeio e o leito carroçável, são dispostas paralelamente ao eixo da rua e construídas geralmente de pedra ou concreto pré-moldado.


As bocas de lobo são canalizações destinadas a receber as águas pluviais captadas na superfície e encaminhá-las ao seu destino final.

 

     Quanto as Zonas de Habitação de Interesse Social (ZHIS) inseridas na Lei nº 9.785/1999,  que trata das  inovações no parcelamento do solo urbano, podemos afirmar que:

 


Considera-se lote o terreno servido de infraestrutura básica cujas dimensões atendam aos índices urbanísticos definidos pela lei estadual ou federal.


A Lei define infraestrutura básica para as Zonas de Habitação de Interesse Social que significa ter apenas saneamento básico e vias de circulação. 


A Lei define infraestrutura básica para as Zonas de Habitação de Interesse Social que significa ter apenas drenagem pluvial e vias de circulação. Após o estabelecimento dos moradores, estes arcam com a energia e saneamento básico.

 


A Lei define infraestrutura básica para as Zonas de Habitação de Interesse Social que significa ter drenagem pluvial, iluminação pública, saneamento básico, energia e vias de circulação.


Considera-se lote o terreno servido somente por iluminação pública e vias de circulação cujas dimensões atendam aos índices urbanísticos definidos pelo plano diretor ou lei municipal na zona em que se situe.

 

No dimensionamento de redes de alimentação de cidades, um dos dados essenciais é o posicionamento do tanque de pressurização do sistema de abastecimento Considere que a figura abaixo representa as quadras de um determinado loteamento e P as cotas geométricas, a partir disso escolha a alternativa que define de melhor posicionamento do tanque de abastecimento de água e a sua justificativa considerando apenas as cotas geométricas (desconsidere o impacto das distâncias horizontais dos pontos):


O tanque de abastecimento deve ser colocado no ponto P15 por se tratar da cota média no loteamento em questão evitando muita pressão estática nos pontos mais baixos e pouca pressão dinâmica nos pontos altos.


O Tanque de abastecimento deve ser posicionado no ponto P13, por se tratar do ponto de menor cota evitando grande pressurização estática da rede nos pontos mais altos


O tanque de abastecimento deve ser colocado no ponto P4 por se tratar do ponto de maior cota geométrica garantindo menor pressão dinâmica nos pontos mais altos


O tanque de abastecimento deve ser colocado no ponto P15 por se tratar da cota média no loteamento em questão evitando muita pressão dinâmica nos pontos mais baixos e pouca pressão estática nos pontos altos


O tanque de abastecimento deve ser colocado no ponto P4 por se tratar do ponto de maior cota geométrica garantindo maior pressão dinâmica nos pontos mais altos.

Sobre a  rede de abastecimento de água na Roma Antiga  podemos afirmar que:


D) Era realizada por meio de aquedutos, que são  tubos de latão subterrâneos que levavam a água por um intrincado sistema de ramificações ,  e funcionava pela ação de bombeamento.


A) Contava com um excelente sistema de abastecimento de água e era realizado por meio de sulcos nas vias e calçamentos de pedras.


C) Chegou a atingir 50 km por meio de grandes aquedutos elevados, um sistema de excelente qualidade e existentes na maioria das cidades do Império Romano.


B) Não apresentava uma excelente qualidade  mas  o abastecimento de água existia na maioria das cidades do Império.


E) A cidade de Pompéia, pertencente ao Antigo Império Romano, representava sua riqueza por meio de seu sistema viário. Mas a maior parte das casas não tinha um sistema de abastecimento de água que fosse individualizado.

No Brasil, em fins do século XIX, aparecem as redes de energia elétrica.

Quais assertivas explicam melhor os impactos no desenvolvimento urbano a partir das redes de energia elétrica no início do século XX nas cidades como Rio de Janeiro e São Paulo?

 I)Os bondes no Rio de Janeiro usavam tração animal e com a energia elétrica houve uma mobilidade maior para bairros mais distantes.

II)O sistema de energia elétrica foi utilizado primeiro nas ruas públicas e somente 80 anos depois pode ser expandido para as residências, comércios e indústrias.

III) O sistema de energia elétrica possibilitou uma rápida expansão a todos os bairros das cidades, tornando-se uma política inclusiva a toda a população.

IV) O gás, antecedeu o sistema de energia elétrica e foi introduzido inicialmente em São Paulo. Na década de 1860, todas as ruas do bairro da atual Praça da Sé eram iluminadas a noite por duzentos lampiões a gás.

Estão corretas as afirmativas


Somente a I.


As questões I e IV.


As questões III e IV.


Somente a III.


As questões I e II

    Quanto à tecidos urbanos e malha urbana,  podemos considerar que :


Ruas com forte declividade não stão sujeitas à erosão.


O  traçado não-ortogonal , com  lotes irregulares terão importantes ganhos  de área útil.


Os traçados de ruas curvilíneas tem um trânsito menos fluido para o tráfego de veículos. Em compensação, os lotes ficam melhor posicionados. Neste tipo de via a habitação tem prioridade.


O tecido urbano é configurado exclusivamente pelo contorno das áreas livres, ou seja, parques, praças e áreas verdes.


O perfil longitudinal de uma via  deve procurar acompanhar, dentro do possível, os contornos dos corpos d’água.

   A arborização urbana e a vegetação urbana têm muitas funções dentre elas:

 

I) amortecem o som, amenizando a poluição sonora.

II)  auxiliam na diminuição da temperatura, pois, absorvem os raios solares e refrescam o ambiente pela grande quantidade de água transpirada pelas  folhas.

III)  seu sombreamento provoca calor pois suas folhas impedem a passagem do vento.

IV) aumentam o impacto da água de chuva impedindo a devida drenagem.

 

 Estão corretas:

 


As afirmativas II e IV, somente.


As afirmativas I e II, somente.


As afirmativas II, III e IV.


As afirmativas I e III, somente.


As afirmativas I , III e IV.

Páginas: 12345678910