GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA


Uma crescente preocupação com o meio ambiente, tem provocado impasses às hidroelétricas, em virtude:

 I. Dos impactos causados pela sua implantação, sobretudo pelos alagamentos de grandes áreas, acarretando danos ambientais e sociais.

II. Contribuir para o aumento do efeito estufa Efeito estufa;

III. Geração de empregos para toda a região onde está sendo instalada.

 


Apenas a alternativa III.


Apenas as alternativas I e II.


Apenas as alternativas I e III.


Todas estão certas.


Apenas a alternativa I.

O Brasil tem vivenciado uma expansão da Energia Eólica como forma de geração de energia, estimulada pela boa qualidade dos ventos. Esse ventos são predominantes de quais regiões?

I. Região Nordeste

II. Região Sudeste

III. Região Sul

 


Apenas as alternativas I e II


Apenas a alternativa III


Apenas a alternativa I


Todas estão certas


Apenas as alternativas I e III

No início de 2015, os dados do ONS (Operador Nacional do Sistema) mostraram que o nível dos reservatórios das hidrelétricas das regiões Sudeste e Centro-Oeste está mais baixo do que em 2001, quando o país passou por um grande blecaute, seguido de racionamento de energia.

Responsáveis por gerar 70% da eletricidade do país,  os reservatórios operam hoje com 17,84% da capacidade. Em 2001, contabilizavam 21,39%. No ano passado, neste período, o nível estava em 41,62%. A vantagem é que o país hoje tem mais termelétricas, mas  elas já operam no limite da capacidade.

Adaptado de: Metro Jornal

No Brasil, a relação entre a produção de eletricidade e a utilização de recursos hídricos se justifica porque:


O consumo de água e de energia elétrica utilizadas na indústria compete com o da agricultura.


O uso das termoelétricas é suficiente para substituir as hidrelétricas, consequentemente a utilização preserva os níveis dos reservatórios.


A geração de eletricidade nas usinas hidrelétricas exige a manutenção de um dado fluxo de água nas barragens.


O sistema de tratamento da água e sua distribuição consomem grande quantidade de energia elétrica.


A geração de eletricidade nas usinas termelétricas utiliza grande volume de água para refrigeração.

Com relação à palestra ministrada por Philippe Joubert, ele comenta sobre o “Trilema de Energia” relacionado à viabilidade de uma solução energética. Assinale a alternativa correta que descreve a respeito desse conceito:


Uma solução energética viável deve satisfazer três condições básicas: ser acessível em termos de preço (custos adequados à sociedade), ser segura e respeitar aspectos de impacto ambiental.


Uma solução energética viável deve satisfazer três condições básicas: ser acessível em termos de energéticos, ser confiável e respeitar aspectos de concorrências de mercado.


Uma solução energética viável deve satisfazer três condições básicas: ser acessível à população, ser durável e proporcionar desenvolvimento regional.


Uma solução energética viável deve satisfazer três condições básicas: ser acessível em termos de preço (custos adequados à sociedade), ser estável e respeitar aspectos de impacto ambiental.


Uma solução energética viável deve satisfazer três condições básicas: ser acessível em termos de preço de mercado, ser segura e respeitar a economia de uma nação.

Existem diversas modalidades de energia que são utilizadas pelo homem. Dessas, uma se caracteriza pela utilização do calor interno do planeta. Esse calor, que aciona turbinas elétricas, gera a modalidade de energia conhecida como:

 

Considere as seguintes alternativas:

I- Energia Gravitacional

II- Energia Geotérmica.

III- Energia Fóssil.

IV- Energia geotermal

V- Energia de Xisto Betuminoso

 


Apenas a III.


I, II e III.


Apenas a I.


II e IV.


I e II.

Relacione os tipos de reatores civis com suas principais características:

(1) Reatores BWR.

(2) Reatores PWR.

(3) Reatores LMFBR.

(   ) A água que flui do núcleo do reator é isolada a partir da turbina, dessa forma o circuito primário produz vapor no circuito secundário e aciona a turbina. O reator nuclear de Angra dos Reis utiliza esse tipo de reator.

(   ) A reação de fissão produz calor para movimentar a turbina e, ao mesmo tempo, reproduz combustível para o reator de plutônio, em suma, a transferência de calor e o arrefecimento são realizados por um metal líquido.

(  ) A água tem função de moderador, ocorrendo a troca de calor e fornecendo vapor para a turbina. Sua desvantagem é que qualquer problema no reator pode tornar a água radioativa e, consequentemente, atingir a turbina.

A alternativa que corresponde à sequência correta é:

 


1, 2, 3.


2, 1, 3.


1, 3, 2.


2, 3, 1.


3, 2, 1.

Analise as alternativas a seguir, que comentam a respeito de sistemas que utilizam painéis fotovoltaicos:

 

I. Uma possibilidade de utilização dos painéis fotovoltaicos é o envio da energia excedente para a rede elétrica, que gera “créditos de energia”.

II. A energia elétrica proveniente de painéis fotovoltaicos é apropriada para as cargas residenciais convencionais, visto que é gerada em corrente contínua (CC).

III. O inversor em um painel fotovoltaico possui como principal função converter a corrente CC, advinda dos painéis, para corrente alternada (CA), de modo que a energia possa ser utilizada na residência.

IV.A energia elétrica proveniente de painéis fotovoltaicos não é apropriada para as cargas residenciais convencionais, visto que é gerada em corrente alternada (CA).

 

 A alternativa que apresenta apenas assertivas corretas é:

 


I e III.


I e IV.


I, III e IV.


I, II e III.


II e III.

Analise o gráfico a seguir, que relaciona aspectos sobre a matriz energética brasileira, segundo o BEN de 2015:

De acordo com ele, é correto afirmar que:


A matriz energética mundial ainda apresenta superiores porcentagens em relação ao Brasil, no que se refere à adoção de fontes renováveis de energia.


Mesmo o Brasil estimulando o investimento em fontes renováveis, pode-se perceber que no mundo elas já são enormemente aplicadas.


O Brasil, tanto no ano de 2013 quanto no ano de 2014, apresentou altas porcentagens de utilização de fontes renováveis em sua matriz energética.


Em comparação ao ano de 2013, no ano de 2014, o Brasil teve um leve decréscimo no uso de fontes renováveis em sua matriz energética. Contudo, o país ainda apresenta uma posição de destaque em relação ao mundo e à OCDE.


O Brasil, no ano de 2014, apresentou um leve aumento da participação de fontes renováveis em sua matriz energética.

A eletrificação rural é um importante fator indutor do desenvolvimento humano, econômico e social, com impactos que ultrapassam as fronteiras das comunidades rurais. A eletrificação, enquanto meio para o desenvolvimento, está inserida numa rede caracterizada por relações de dependência, reforço mútuo e loops de realimentação entre os seus componentes. Além dos benefícios evidentes para a população rural com possibilidade de maior nível de conforto, satisfação, acesso a meios de comunicação e informação, mecanização agrícola e consequente melhoria da produtividade agrícola, esse setor impulsiona a cadeia produtiva industrial.

Trecho retirado de: Eletrificação rural: benefícios em diferentes esferas, CASSIANO - Energia Meio Rural (2004)

Vimos a importância da eletrificação rural, dessa forma, qual o maior desafio para o fornecimento de energia elétrica para comunidades rurais, pelas plantas de geração centralizada?


A inviabilidade técnico-econômica de transporte e distribuição da energia frente à baixa demanda das áreas rurais.


As acentuadas depredações das instalações elétricas devido às condições ambientais das áreas rurais.


A rejeição da população rural ao consumo da energia elétrica provinda dos grandes centros urbanos.


O consumo excessivo de correntes harmônicas e/ou de potência reativa das cargas rurais.


Os tipos de cargas rurais, que não seguem o padrão de energia fornecido pelas plantas de geração centralizada.

Contestada por ambientalistas e cientistas sociais, quando da sua construção no final dos anos 1980, a usina hidrelétrica de Balbina, em Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros de Manaus), foi classificada pelo ministro de Minas e Energia (MME), Eduardo Braga, como “um dos maiores crimes ambientais que a engenharia já cometeu neste país”.

Braga explica que a hidrelétrica de Balbina tem capacidade instalada para gerar até 250 megawatts (MW) de energia. Ela, segundo ele, inundou, aproximadamente, 2.250 quilômetros quadrados de floresta e, hoje, com os efeitos da estiagem que atinge a região, produz apenas 50 MW.

Num comparativo com a usina de Belo Monte, o ministro afirma que a obra no estado vizinho alagou apenas 1% de área de floresta em relação à Balbina, e vai produzir 11 mil megawatts. “Olha a diferença do custo-benefício do ponto de vista ambiental”, comenta.

Adaptado de: Amazônia

O fator geográfico que explica a menor produtividade da usina de Balbina em relação à de Belo Monte é:


Infiltração na água no ambiente sedimentar.


Edificação da barragem em relevo plano.


Falta de cursos de água volumosos.


Vazão fluvial inconstante.


Mudanças climáticas na região.

Páginas: 1234567