TEORIA DA CONTABILIDADE


Na Teoria da Contabilidade, estudamos a Introdução Atuária, cujo foi abordado os 3 tipos de atuários existentes no mercado, sendo que o ATUÁRIO VIDA (TRADICIONAL), é especializado em: 


Marque a alternativa abaixo, de acordo com a definição do conceito: 


Profissional especializado na área de Educação Física, e utiliza de modelos de cálculos, para entenderem o processo de queima de calorias no corpo, e movimentação molecular;


Profissional especializado na área de Controle de Dados, e utiliza modelos estocásticos para avaliação de elementos baseados numa síntese da (teoria do risco) apenas no processo virtual.


Profissional especializado na área de seguros de ramos elementares (não vida). Utiliza modelos estocásticos para avaliação de riscos;


Profissional especializado na área de gestão financeira, e utiliza modelos estocásticos para avaliação de riscos, baseados numa síntese das abordagens atuarial (teoria do risco) e financeira.


Profissional especializado na área de vida (seguros, fundos de pensão, previdência social). Utiliza modelos determinísticos para avaliação do risco.

Observe que o risco pode ser classificado em relação ao “objeto”, e à sua “natureza” , de acordo com a sua “intensidade”, conforme a Figura 1, abaixo:

 

 

Marque a alternativa correta, quanto ao risco em relação ao seu OBJETO:


A classificação em relação ao objeto diz a respeito ao sujeito que procura a seguradora para realizar a cotação de um seguro, e que deseja estabelecer quais riscos ele precisa ser coberto, e também deseja determinar que a seguradora estabeleça o valor do seguro sem mensurar o risco existente sobre o bem ou sobre a vida.


A classificação em relação ao objeto diz respeito ao sujeito que sofre a ação do risco. Sendo que esse sujeito pode ser um ser humano, um item material qualquer, ou, ainda, as posses ( Carro / Casa )  de um indivíduo (pessoa física ou jurídica).


A classificação em relação ao objeto diz respeito aos prejuízos que os segurados sofrem durante o contrato do seguro, não sendo passível submeter estes riscos a uma analise contratual prévia.


A classificação em relação ao objeto diz respeito ao sujeito que sofre com a fatalidade de um risco porém provocado propositalmente para que ele receba a Indenização;


A classificação em relação ao objeto diz respeito ao sujeito ou ser humano, sendo apenas o risco de um vida, sem cobertura a danos materiais;

Os postulados e princípios contábeis representam a sustentação de toda a contabilidade tanto na parte teórica quanto no trabalho prático. São estes princípios que norteiam a conduta que o contador deverá seguir na sua profissão. 

Com base nos estudos, assinale abaixo a opção que contém a assertiva verdadeira. 


O postulado contábil da entidade está claramente definido no conceito de patrimônio, quando se afirma que o objeto da contabilidade é o conjunto de bens, direito e obrigações de uma pessoa. 


O princípio contábil do custo como base de valor disciplina que um bem adquirido deve ser incorporado ao ativo pelo seu preço de aquisição, a menos que o valor tenha sido alterado já na época da compra. 


Pelos princípios contábeis da realização da receita e confrontação da despesa (competência), são consideradas do exercício social as despesas que nele forem pagas, independentemente de seu vencimento, enquanto que para receitas o que importa é o momento em que forem efetivamente realizadas. 


O critério de avaliação de bens pelo preço de custo ou de mercado, dos dois o menor, está inteiramente de acordo com o postulado da continuidade. 


O princípio do da essência econômica sobre a forma jurídica, regulamenta que quando houver dois valores igualmente válidos e confiáveis, a contabilidade deverá considerar o menor dos dois, se for do passivo, ou o maior dos dois, se for do ativo. 

"Em regra geral, considera-se que este princípio seja uma sequencia natural do postulado da continuidade. Segundo ele, os ativos são incorporados pelo preço pago para adquiri-los ou fabricá-los, mais todos os gastos necessários para a colocá-los em condições de gerar benefícios (Receitas) para a empresa".

"Essa avaliação é base para as contabilizações posteriores, somente sendo aceitas como amortizações".

"Depreciações é cálculo da quota de exaustão dos ativos que ocasionaram tais diminuições de valor, pelo uso, decurso do tempo ou obsolescência".


Dentre as alternativas a seguir, evidencie qual princípio está sendo relatado nos parágrafos acima:



Princípio da Objetividade;


Princípio do Custo Original como base de valor;


Princípio do DMC - Denominador Comum Monetário;


Princípio da Consistência;


Princípio da Materialidade (Relevância);

Quando uma empresa determina dentre vários processos, a utilização de um critério para a elaboração dos relatórios contábeis, a mesma poderá aleatoriamente realizar modificações nestes?

Salvo a necessidade absoluta, desde que a alteração de critério e os efeitos que possa ter acarretado na interpretação por parte dos usuários das tendências e dos resultados da empresa sejam evidenciados.

 

Assinale a alternativa que corresponde ao princípio, convenção e postulado que está sendo tratado.


Fundamento da Prudência;


Denominador Comum Monetário;


Fundamento da Uniformidade;


Fundamento do Risco e da Materialidade;


Fundamento da Objetividade.

Na Teoria da Contabilidade, estudamos sobre os Postulados, Princípios e Convenções Contábeis,  ressaltando a importância da CIÊNCIA DA CONTABILIDADE, e de acordo com a teoria, marque a alternativa sobre cada significado, conforme abaixo: 


- Postulados : Denominador Comum Monetário, Essência Sobre a Forma Jurídica.
- Princípios : Custo Original Como Base de Valor; Princípio Denominador Comum Monetário; Princípio da Realização da Receita e Confrontação das Receitas com as Despesas, Objetividade, Materialidade.
- Convenções : Entidade e Continuidade , Consistência e Conservadorismo,Custo Como Base de Valor.


- Postulados : Entidade e Continuidade.
- Princípios : Custo Original Como Base de Valor; Princípio da Essência Sobre a Forma Jurídica; Princípio Denominador Comum Monetário; Princípio da Realização da Receita e Confrontação das Receitas com as Despesas.
- Convenções : Objetividade, Materialidade, Consistência e Conservadorismo.


- Postulados : Objetividade, Materialidade, Valor agregado; Conservadorismo.
- Princípios :  Custo Original Como Base de Valor; Potencialização de Resultados Contábeis; Organização de Relatórios.
- Convenções : Realização da Receita e Confrontação das Receitas com as Despesas;  Continuidade.


- Postulados : Essência Sobre a Forma Jurídica, Objetividade, Materialidade.
- Princípios : Custo Original Como Base de Valor; Princípio Denominador Comum Monetário; Princípio da Realização da Receita e Confrontação das Receitas com as Despesas.
- Convenções : Entidade e Continuidade , Consistência e Conservadorismo.


- Postulados : Essência Sobre a Forma Jurídica, Objetividade, Materialidade.
- Princípios : Entidade e Continuidade , Consistência e Conservadorismo, Custo Original Como Base de Valor.
- Convenções : Realização da Receita e Confrontação das Receitas com as Despesas.

Na estrutura de Previdência Complementar, existe duas modalidades de Plano de Previdência no mercado, que são o PGBL e VGBL, julgue com V - para as alternativas VERDADEIRAS e F - para as alternativas FALSAS, as afirmativas abaixo de acordo com os conceitos de cada um dos planos:


(    ) PGBL (PLANO GERADOR DE BENEFICIO LIVRE): Permite abater da base de cálculo do IR os aportes realizados anualmente ao plano até um limite máximo de 12% (*) da renda bruta tributável do investidor;

(    ) PGBL (PLANO GERADOR DE BENEFICIO LIVRE): Indicado para as pessoas que optam pela declaração completa do Imposto de Renda;

(    ) PGBL (PLANO GERADOR DE BENEFICIO LIVRE):  Haverá incidência do IR sobre o valor total do resgate ou da renda recebida quando eles ocorrerem;

(    ) VGBL (VIDA GERADOR BENEFÍCIO LIVRE): Não permite abater do IR os aportes ao plano;

(    ) VGBL (VIDA GERADOR BENEFÍCIO LIVRE): Indicado para quem usa a declaração simplificada ou é isento de Imposto de Renda;

(    ) VGBL (VIDA GERADOR BENEFÍCIO LIVRE):  O IR incidirá apenas sobre os rendimentos do plano e não sobre o total acumulado.

 

 

Marque a Sequencia correta encontrada nas alternativas: 


F - F - F - V - V - V;


V - V - V - V - V - V;


V - F - V - V - F - V;


F - F - F - F - F - F;


V - F - V - V - V - F;

A LEI ELÓI Chaves trouxe para o BRASIL em 1923um conceito de previdência, que veio se difundir no mercado de seguros na época e ficou conhecido como:


A formação de uma reserva financeira para os empregados de cada uma das empresas ferroviárias no país que com o avanço da industrialização, as garantias trabalhistas ganharam mais atenção e incentivaram o surgimento de vários “Institutos de Aposentadoria e Pensões”,.


Garantias trabalhistas em caso de falta ( MORTE ) do trabalhador, a família recebia a indenização;


Um fundo reserva patronal, uma vez que todos os funcionários das Ferrovias doavam mensalmente uma quantia para os seus patrões;


Apresentou um fundo reserva para a empresa, cujo o funcionário depositaria uma quantia mensal de seus rendimentos e ao ser demitido a empresa utiliza este recurso para o seu acordo trabalhista.


Um fundo reserva cujo mensalmente havia um sorteio, e os recursos deste fundos ficavam a disposição para pagar as premiações do individuo sorteado.

Quando Surgiu o sistema de Previdência Privada, conhecida como complementar? Marque a alternativa correta:


Surgiu na evolução dos institutos, uma vez que cada instituto, apresentar uma necessidade diferente em 1800, para guardar dinheiro de indenizações pagas;


Surgiu na Fusão do INSS com a CAIXA, surgindo a CAIXA CAPITALIZAÇÃO E PREVIDÊNCIA, que foi fundada em 2016.


Surgiu na evolução dos institutos fechados de socorro mútuo e pensão, como a PREVI-CAIXA, que foi fundada em 1904 como CAIXA DE MONTEPIO;


Surgiu na necessidade de CRIAR - SE a CAIXA DE MONTEPIO, para emprestar recurso para os funcionários como crédito consignado.


Surgiu para complementação financeira das famílias, vítimas de acidentes trabalhistas., regulamentada através da Lei nº 6.435;

Seguro é uma operação estabelecida sob a forma jurídica de um contrato em que  uma das partes (o segurador), se obriga para com outra (o segurado e/ou beneficiário), mediante o recebimento de uma importância previamente estipulada (prêmio), a compensá-la (indenização) por algum tipo de perda (sinistro), resultante de um evento futuro, possível e incerto (risco), indicado no seu contrato. (SOUZA, 2001, p. 24).

 

Marque V ou F nas afirmativas abaixo:

 

a) (    ) Seguradora: é uma instituição que, mediante o recebimento de prêmios, tem o objetivo de assumir riscos previstos em um contrato para indenizar prejuízos ou reparar danos involuntários ocorridos com bens, pessoas ou por responsabilidade de outrem;

b) (     ) Segurado: é a pessoa física ou jurídica que, tendo interesse, contratar o seguro em seu benefício pessoal ou de terceiros.

c) (     )  Beneficiário: é a pessoa física ou jurídica a favor da qual é devida a indenização em caso de sinistro;

d) (     ) Prêmio:é a importância paga pelo segurado ou estipulante à seguradora em troca da transferência do risco a que ele está exposto.

e) (     ) Indenização: é a contraprestação da seguradora para com o segurado, que com a efetivação do risco (ocorrência de evento previsto no contrato), venha a sofrer prejuízos de natureza econômica e faça jus à indenização pactuada no contrato, afim de reduzir as perdas.

f) (     ) Sinistro: ocorrência do acontecimento que gera perda, ou do RISCO consumado, porém resguardado no contrato de seguro, e que legalmente obriga a seguradora a indenizar o segurado.

g) (     ) Risco: é o evento incerto que ocorre independentemente da vontade das partes contratantes e motivo pelo qual é feito o seguro. O risco é a expectativa de um sinistro. Sem o risco não pode haver contrato;

 

A sequencia das afirmativas acima é :


F - F - F - F - V - V - V  


V - V - V - V - V - V - V  


V - F - V - F - V - F - V  


F - V - V - V - V - V - F  


V - V - V - V - F - F - F  

Páginas: 12345678910
11