TEORIA DA CONTABILIDADE


As escolas doutrinárias de Contabilidade representavam as diversas linhas de raciocínio que permitiram a construção do pensamento contábil.

Relacione as escolas abaixo com as suas respectivas características e em seguida assinale a alternativa que contenha a sequência correta:

 

1 - Personalismo

2 - Reditualismo

3 - Neopatrimonialismo

4 - Controlismo

5 - Aziendalismo

 

(  ) Preocupava-se mais em saber o conteúdo da conta (retorno ao Contismo/ reação ao Personalismo)

(  ) Transformou a conta em pessoa (responsabilidade pessoal entre os gestores e a substância patrimonial)

(  ) Defendiam que o objeto de estudo da contabilidade era o resultado (lucro ou prejuízo).

(  ) Preocupava-se em estudar o conjunto de ciências que tratavam a azienda como campo de aplicação

(  ) Concentra-se em obter a filosofia do fenômeno patrimonial.

 


5, 4, 3, 2, 1
1, 3, 4, 5, 2
1, 2 ,3, 4, 5
4, 1, 2, 5, 3
5, 4, 2, 3, 1

O Pronunciamento Técnico PME relata que o objetivo das demonstrações contábeis de pequenas e médias empresas é oferecer informações sobre a posição financeira (balanço patrimonial), o desempenho (resultado e resultado abrangente) e os fluxos de caixa da entidade. Estes dados devem ser úteis para a tomada de decisão por vasta gama de usuários que não está em posição de exigir relatórios feitos sob medida para atender suas necessidades particulares de informação. Entre as características qualitativas de melhoria, a comparabilidade está entre as que os analistas de demonstrações contábeis mais buscam. Dessa forma, pode-se definir pela estrutura conceitual contábil que comparabilidade é a característica que:


utiliza os mesmos métodos para os mesmos itens, tanto de um período para outro, considerando a mesma entidade que reporta a informação, quanto para um único período entre entidades.
permite que os usuários identifiquem e compreendam similaridades dos itens e diferenças entre eles nas Demonstrações Contábeis.
garante que usuários diferentes concluam de forma completa e igual, quanto à condição econômica e financeira da empresa, sendo levados a um completo acordo.
considera a uniformidade na aplicação dos procedimentos e normas contábeis, onde, para se obter a comparabilidade, as entidades precisam adotar os mesmos métodos de apuração e cálculo.
estabelece procedimentos para a padronização dos métodos e processos aplicados em demonstrações contábeis de mesmo segmento.

O Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) foi idealizado a partir da união de esforços e comunhão de objetivos das seguintes entidades: ABRASCA, APIMEC NACIONAL, BOVESPA, Conselho Federal de Contabilidade, FIPECAFI e IBRACON em função das necessidades de convergência internacional das normas contábeis, centralização na emissão de normas dessa natureza, representação e processo democrático na produção dessas informações.

 

Neste contexto, quais são os produtos do CPC?


Pronunciamentos técnicos, orientações e demonstrações contábeis das empresas públicas brasileiras.


Pronunciamentos técnicos, orientações e interpretações acerca exclusivamente das empresas públicas brasileiras.


Pronunciamentos técnicos, orientações e demonstrações contábeis das empresas privadas.


Pronunciamentos técnicos, orientações e interpretações.


Pronunciamentos técnicos, atendimento individuais e presenciais ao contadores e interpretações gerais.

As características qualitativas da informação contábil-financeira útil identificam os tipos de informação mais úteis para investidores, credores, existentes e em potencial, para tomada de decisões acerca da entidade que reporta com base na informação contida nas suas demonstrações financeiras.  Com base nas características qualitativas da informação contábil, selecione dentre as  cinco assertivas abaixo apenas a que expressa a informação correta.


Os elementos diretamente relacionados com a mensuração do desempenho da entidade são os ativos, os passivos e o patrimônio líquido.


Os elementos diretamente relacionados à mensuração da posição patrimonial e financeira da entidade são as receitas e as despesas.


As características qualitativas são os atributos que tornam as demonstrações contábeis úteis para os usuários. As principais características qualitativas são: compreensibilidade, relevância, confiabilidade, continuidade e comparabilidade.


As normas contábeis chamam de “elementos das demonstrações contábeis” as classes em que são retratados os efeitos patrimoniais e financeiros das transações e outros eventos, de acordo com as suas características econômicas.


A demonstração das mutações na posição financeira não reflete os elementos da Demonstração do Resultado, mas as mutações nos elementos do balanço patrimonial

Quanto características qualitativas fundamentais da contabilidade, o valor preditivo e o valor confirmatório da informação contábil-financeira estão inter-relacionados. A informação que tem valor preditivo muitas vezes também tem valor confirmatório. Por exemplo, a informação sobre receita para o ano corrente, a qual pode ser utilizada como base para predizer receitas para anos futuros, também pode ser comparada com predições de receita para o ano corrente que foram feitas nos anos anteriores. Os resultados dessas comparações:


auxiliam os usuários a melhorarem os processos utilizados para fazer tais predições em projeções orçamentárias.


podem auxiliar os usuários a corrigirem e a melhorarem os processos que foram utilizados para fazer tais predições.


geram informações para melhoria de processos a serem utilizados a elaboração das demonstrações financeiras.


corrigem e melhoram os processos que foram utilizados pra fazer tais predições.


contribuem com informações para melhoria de processos a serem utilizados na elaboração das demonstrações financeiras.

A Contabilidade é a ciência que estuda as variações quantitativas e qualitativas ocorridas no  conjunto de bens, direitos e obrigações das entidades. Através dela é fornecido o máximo de informações uteis para as tomadas de decisões, tanto dentro quanto fora da empresa, estudando, interpretando, registrando e controlando os haveres da empresa. Sendo assim, é correto afirmar que o objeto de estudo da contabilidade é/são:


os investidores


é a representatividade econômica, financeira e qualitativa das informações contábeis


o patrimônio das entidades.


o arcabouço de informações a investidores, governo e credores diversos.


as normas contábeis atribuídas pelo Tribunal de Contas da União.

Os Princípios de Contabilidade são preceitos que devem ser obrigatoriamente adotados por todos os contabilistas no exercício de suas atividades profissionais. Eles representam a essência das doutrinas e teorias relativas à Ciência da Contabilidade do País. Tem como objetivo servir como fonte dos conceitos básicos e fundamentais a serem utilizados na preparação e utilização das demonstrações contábeis.

 

Em se tratando de uma provisão da folha de pagamento de uma determinada empresa, a constituição das provisões para férias, décimo terceiro salário e dividendos propostos é uma conduta profissional que atende a qual princípio contábil?

 


Competência.


Entidade.


Prudência.


Consistência.


Continuidade.

A contabilidade é uma ciência essencialmente utilitária, que possui mecanismos próprios de desenvolvimento. Portanto, entender a evolução da sociedade em seus aspectos econômicos, e dos usuários da informação contábil em suas necessidades cotidianas, é a melhor forma de definir os objetivos da contabilidade.

 

Dentre estes objetivos, podemos citar o controle, sendo o processo pelo qual a alta administração, que é um cliente interno da contabilidade, se certifica de que a organização caminhando em conformidade com seus planos e políticas.

 

Quando a contabilidade atende aos seus clientes internos, alimenta informações gerenciais dentro de um ramo específico e essencial para a organização, chamado de Controladoria.

 

Diante do exposto, analise as informações abaixo e assinale aquela que contenha os objetivos da Controladoria no que tange especificamente as informações geradas pela contabilidade interna:


A Controladoria utiliza das informações contábeis para que se tenha perspectivas de futuro por meio de ferramentas, orçamentos e planilhas gerenciais.


A Controladoria utiliza das informações contábeis para que haja a verificação de perspectivas e reunião de informações para a geração de fraudes futuras.


A Controladoria utiliza das informações contábeis para que haja integração, discussão, questionamentos e burocracia entre os membros do conselho fiscal;


A Controladoria utiliza das informações contábeis para que perspectivas futuras, induções, motivação e achismo;


A Controladoria utiliza das informações contábeis para que haja motivação, fraude, questionamento, e procrastinação entre os demais usuários das informações contábeis;

Estrutura Conceitual para Elaboração e Apresentação das Demonstrações Contábeis estabelece os conceitos que fundamentam a preparação e a apresentação de demonstrações contábeis destinadas a usuários externos. Com base nessa observação, julgue os itens a seguir como Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

 

  • Estão fora do alcance da Estrutura Conceitual informações financeiras elaboradas para fins exclusivamente fiscais.
  • Uma qualidade essencial das informações apresentadas nas demonstrações contábeis é que elas sejam prontamente entendidas pelos usuários. Por esta razão, informações sobre assuntos complexos devem ser excluídas por serem de difícil entendimento para usuários que não conheçam as particularidades do negócio.
  • Regime de Competência e Continuidade são apresentados na Estrutura Conceitual para Elaboração e Apresentação das Demonstrações Contábeis como pressupostos básicos.
  • Compreensibilidade, relevância, confiabilidade e comparabilidade são apresentadas na Estrutura Conceitual para Elaboração e Apresentação das Demonstrações Contábeis como pressupostos básicos.

 

A sequência CORRETA é:


F, F, F, F.


V, V, F, F.


F, F, V, F.


V, F, V, F.


V, V, V, F.

O Comitê de Pronunciamentos Contábeis, criado por meio da Resolução CFC n. 1.055, de 7 de outubro de 2005, possui como atribuições, entre outras, a de estudar, pesquisar, discutir, elaborar e deliberar sobre o conteúdo e a redação de Pronunciamentos Técnicos, podendo ainda emitir Interpretações, Orientações, Comunicados e Boletins. São entidades-membro do Comitê de Pronunciamentos Contábeis, exceto:


Comissão de Valores Mobiliários (CVM).


Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (IBRACON).


Associação Brasileira das Companhias Abertas (ABRASCA).


Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (FIPECAFI).


Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros (BM&FBOVESPA S.A).

Páginas: 123456789