SISTEMAS LOGÍSTICOS E DE SEGURANÇA


As boas práticas de armazenamento das mercadorias (que inclui as matérias-primas e os demais componentes de manutenção), quando alinhadas à edificação dos armazéns permitem evitar muitos tipos de acidentes de ordem técnica e humana. No Manual de Intralogística, “Sistemas e técnicas de movimentação e armazenagem de materiais”, Moura (2012) cita que a produtividade dos armazéns aumenta à medida que as condições de trabalho se tornam mais seguras.

 

Assim, o que deve ser padronizado para manter as características técnicas e de edificação dos armazéns? 

 


a ventilação; iluminação; proteção contra descargas atmosféricas; saídas de emergências; localização e acesso; materiais de construção; divisão das áreas; bacias de retenção; drenagem.
áreas de ventilação; fontes de perigo e de riscos; o prédio e todos os seus andares e portas; divisão das áreas; estantes e racks de armazenamento;; bacias de retenção; drenagem; ventilação; iluminação; proteção contra descargas atmosféricas.
áreas de ventilação; fontes de perigo e de riscos; o prédio e todos os seus andares e portas; divisão das áreas; bacias de retenção; drenagem; ventilação; iluminação; proteção contra descargas atmosféricas.
a iluminação; proteção contra descargas atmosféricas; e saídas de emergências; estantes e racks de armazenamento; materiais de construção; divisão das áreas; bacias de retenção; drenagem.
a localização e acesso; o prédio e todos os seus andares e portas; divisão das áreas; bacias de retenção; drenagem; ventilação; iluminação; proteção contra descargas atmosféricas.

(Marque a única alternativa correta) Os principais riscos para os principais trabalhos na área dos armazéns e dos centros de distribuição podem ser separados conforme o tipo de trabalho, sendo eles, os trabalhos com: aparelhos de elevação e transporte de carga geral; cabrestantes; guinchos; gruas, pórticos e pontes rolantes; utilização de escadas, andaimes e outros tipos de plataformas; e empilhadeiras. Todo armazém ou centro de distribuição possui regras claras de segurança que servem como medidas de proteção e de prevenção.

 

Dentre as regras mais comuns e obrigatórias destaca-se a regra de "Movimentação de mercadorias". Avaliando as cinco definições a seguir, assinale a única que infere sobre a regra "Movimentação de mercadorias".


Esta regre exige que as instalações sejam projetadas de acordo com o tipo de mercadoria que será armazenada, os veículos de carga e os equipamentos de movimentação. Além disso, deve-se levar em consideração os fluxos de circulação de pessoas e de cargas (mercadorias). Diversos planos de mitigação e de prevenção deverão ser elaborados a fim de minimizar e até eliminar riscos das atividades laborais relacionados à intoxicação, incêndio, explosão, queda, choques e outros.
Todos os racks devem ser projetados com pilares fixos como medida de segurança e implementado sistema FIFO (first in first out – primeiro que entra primeiro que sai) para melhorar a circulação das cargas. Aconselha-se o agrupamento das mercadorias leves e pequenas nos níveis superiores dos racks e agrupamento das mercadorias soltas e pesadas nos níveis inferiores dos racks.
As mercadorias quando empilhadas de maneira errada, sem padronização, podem gerar acidentes graves, assim como o uso incorreto dos equipamentos de movimentação em velocidades acima do permitido, para atender prazos, e a desatenção dos funcionários durante as atividades do dia-a-dia.
Todo o armazém deve possuir sistemas de sinalização diferenciados e de iluminação adequada, tal como indica a NR 26. O objetivo desta regra é alertar condutores e pedestres e evitar acidentes. Ainda, a respeito de sinalização, as instalações elétricas devem ficar a meia distância entre racks consecutivas.
Todos os funcionários precisam receber treinamentos específicos de utilização, conservação e manutenção dos racks. Após validação do projeto de dimensionamento da capacidade máxima de armazenamento (que inclui peso) e implementação dos racks, todos na operação deverão respeitar os limites de operação que deverá estar identificado em toda a área de operação.

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e os Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC) corresponde aos dispositivos de segurança de uso individual ou coletiva a ser utilizadas pelos funcionários durante as atividades laborais e ou durante a permanência dentro das áreas críticas e de risco na empresa. Os EPI são de uso individual e as empresas são obrigadas a fornecê-lo para todos e de forma gratuita. Os EPI são planejados e adequados para atender tipos de riscos, respeitando as seguintes circunstâncias:

 

sempre que as medidas de ordem geral não ofereçam completa proteção contra os riscos de acidentes do trabalho ou de doenças ocupacionais; enquanto as medidas de proteção coletiva estiverem sendo implantadas; e para atender situações de emergência.

 

A partir desde conhecimento responda: Qual deve ser o EPI, a ser utilizado em armazém logístico, com o objetivo de assegurar proteção dos ouvidos nas atividades e nos locais que apresentem ruídos excessivos?


óculos de segurança
headphones
plus inserção
coletes de sinalização
luvas de proteção em vaquete

(Marque a única alternaiva correta). Os investimentos em segurança, nos armazéns, devem ser debatidos constantemente para que se previna os acidentes e a gestão da logística dos armazéns (líderes) deve ser a responsável por garantir a saúde, o bem-estar e a integridade física dos funcionários.

 

Mas o que fazer quando um acidente acontecer tal como mostra a Figura 1?

 

Resultado de imagem para acidente transporte

 

Figura 1. Acidente. Fonte: Portal Frota&Cia, acesso em 17 de Maio de 2019.


Sempre que houver uma situação de acidente, a CIPA deverá ser envolvida na resposta, assim, a primeira ação é comunicação do acidente para a CIPA e, após, inicar a verificação do acidente é de responsabilidade do perito que irá estabelecer uma relação entre o acidente e a lesão.
A primeira ação é comunicação do acidente ao SESMT. A empresa deve informar, imediatamente, o acidente de trabalho (no mesmo dia ou um dia útil após a ocorrência). A comunicação, chamada de Comunicação de Acidentes de Trabalho (CAT) será efetivada junto à CIPA.
A primeira ação é a verificação do acidente de trabalho. Uma análise da ocorrência. A verificação do acidente é de responsabilidade do perito que irá estabelecer uma relação entre o acidente e a lesão. A comunicação, chamada de Comunicação de Acidentes de Trabalho (CAT) será efetivada junto à CIPA.
A primeira ação é comunicação do acidente. A empresa deve informar, imediatamente, o acidente de trabalho (no mesmo dia ou um dia útil após a ocorrência). A comunicação, chamada de Comunicação de Acidentes de Trabalho (CAT) será efetivada junto à Previdência Social
A primeira ação é a verificação do acidente de trabalho. Uma análise da ocorrência. A verificação do acidente é de responsabilidade do perito que irá estabelecer uma relação entre o acidente e a lesão.

A implantação da certificação em segurança e saúde do trabalho permite as empresas forneçam locais de trabalhos adequados, seguros e saudáveis para todos; auxilia na prevenção de lesões e problemas de saúde relacionado com o trabalho; garanta a gestão da segurança e saúde do trabalho alinhada ao escopo estratégico da empresa; além de trabalhar o ambiente de trabalho com regras e normas mais rígidas de educação em prol da segurança e da saúde de todos.

 

A partir deste conhecimento, assinale: qual é a certificação internacional mais atunte nas empresas do sistema de gestão de segurança para profissionais?

 


NEBOSH
OHSAS 18001
ISO 45001:2018
ISO 1400:2018
ISO 91101:2018

A análise de risco objetiva realizar uma estimativa qualitativa ou quantitativa dos riscos, empregando-se técnicas estatísticas, de forma a promover a combinação das ocorrências com o impacto dos eventos indesejados. Em geral, utiliza-se as técnicas como a Análise do Histórico de Acidentes do Empreendimento; Análise Preliminar de Riscos; Análise Preliminar de Perigos; Hazop;Modos de Falhas.

 

Dentre as diversas técnicas de análise de riscos citadas acima, e que visam à prevenção de acidentes de trabalho, qual é a única que estabelece a relação correta entre sigla e objetivo?


APR - identificar os perigos por meio de questionamento aberto, iniciados por “e se...”.
FMEA -  comparar os atributos de um objeto por meio uma lista, segundo um padrão.
AMFE - comparar os atributos de um objeto por meio uma lista, segundo um padrão.
APP - identificar os riscos por meio de questionamento aberto, iniciados por “e se...”.
HAZOP - identificar os perigos e a operabilidade por detecção de desvios de variáveis de processo.

(Marque a única alternativa correta) O Sistema de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional (SSO), é visto como uma cultura de gestão disseminada pelas lideranças e é um produto de valores individuais e do grupo, atitudes, práticas gerenciais, percepções, competências e CCAF – consciência, capacidade de resposta, apoio e feedback.

Quanto às funcionalidades de um sistema de gestão para segurança e saúde do trabalho, assinale a alternativa que apresenta exemplos corretos para segurança do trabalho.

 


Emissão da CAT; Controle de exames (admissional, demissional, periódicos, mudança de função e retorno ao trabalho) Controle de pedidos de exames automático; e Guia de Solicitação de exames.
Elaboração do PCMSO; Relatório Anual de Exames; Elaboração do PPD; e Controle de absenteísmo.
Elaboração e emissão do P.P.P; Elaboração de emissão do LTCAT; Emissão da CAT; e Afastamento INSS.
Elaboração do Mapa de Risco; Registros Ambientais; Emissão da CAT; e Controle de EPI´s.
Cadastro, controle e acompanhamento de cursos e treinamentos;  Controle de CIPA; Afastamento INSS; e Gestão da Qualidade de Vida. 

(Marque a única alternativa correta) A NBR 7500:2003 orienta os transportadores sobre como identificar seus veículos quanto ao tipo de carga e mercadorias perigosas a serem transportadas. Para tanto, define-se na NBR 7500:2003 as melhores práticas de identificação do transporte fracionado e a granel e veículos combinado ou não. A Figura 1 destaca um exemplo prático das orientações da NBR 7500:2003 sobre a sinalização.

 

Figura 1: Identificação de sinalização

 

Ainda, sobre a Figura 1, pode-se afirmar que ela destaca qual tipo de sinalização de segurança para veículos?


Veículo combinado a granel com um único produto de mesmo risco e transporte de carga a granel e fracionada
Transporte de carga a granel e fracionada no mesmo veículo
Veículo combinado com produtos de diferentes riscos no mesmo veículo e carga a granel no outro reboque ou semi-reboque
Veículo combinado a granel com um único produto de mesmo risco
Transporte de carga a granel e fracionada no mesmo veículo e veículo combinado com produtos de diferentes riscos no mesmo veículo 

Contextualização de uma situação de interdição

 

Considera-se grave e iminente risco toda condição ou situação de trabalho que possa causar acidente ou doença relacionada ao trabalho com lesão grave à integridade física do trabalhador. Nestas situações, a emprede deverá ser interditada e isso implicará a paralisação total ou parcial do estabelecimento, setor de serviço, máquina ou equipamento.

 

Consierando todas as 37 Normas Regulamentadoras, qual é a NR que regula as medidas de urgência tomadas em uma interdição?


NR 13
NR 3
NR 7
BR 5
NR 2

A NR 30 tem como objetivo a proteção e a regulamentação das condições de segurança e saúde dos trabalhadores aquaviários. Dentre as disposições desta NR, é obrigatória a constituição do Grupo de Segurança e Saúde no Trabalho a Bordo das Embarcações - GSSTB, a bordo das embarcações de bandeira nacional com, no mínimo, 100 de arqueação bruta (AB). 

 

O GSSTB, funcionará sob orientação e apoio técnico dos serviços especializados em engenharia de segurança e em medicina do trabalho, observando o disposto na NR 04. A constituição do GSSTB não gera estabilidade aos seus membros, em razão das peculiaridades inerentes à atividade a bordo das embarcações mercantes.

 

Fonte: BRASIL. NR 30. SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO AQUAVIÁRIO. Diário Oficial. 09 de Dezembro de 2002.

Acesso: https://enit.trabalho.gov.br/portal/images/Arquivos_SST/SST_NR/NR-30.pdf

 

Assim, analisando as aplicações desta NR no dia a dia dos sistemas aquaviários, assinale a úncia alternatica correta que expressa a finalidade do Grupo de Segurança e Saúde no Trabalho a Bordo das Embarcações - GSSTB à operação.

 


Das finalidades do GSSTB: destaca-se: manter procedimentos que visem à preservação da segurança e saúde no trabalho e do meio ambiente, procurando atuar de forma preventiva e não agregar esforços de toda a tripulação para que a embarcação possa ser considerada local seguro de trabalho
Das finalidades do GSSTB: destaca-se: adotar providências para que as empresas mantenham à disposição do GSSTB informações, normas e recomendações atualizadas em matéria de prevenção de acidentes, doenças relacionadas ao trabalho, enfermidades infecto-contagiosas e outras de caráter médico-social apenas por precauções e sem responsabilidade.
Das finalidades do GSSTB: destaca-se: manter procedimentos que visem à preservação da segurança e saúde no trabalho e do meio ambiente, procurando atuar de forma preventiva e contribuir para a melhoria das condições de trabalho e de bem-estar a bordo.
Das finalidades do GSSTB: destaca-se: manter procedimentos que visem à preservação da segurança e saúde no trabalho e do meio ambiente, procurando atuar de forma preventiva. Sendo que o zelo, para que todos a bordo, não é uma ativiade fim.
Das finalidades do GSSTB: destaca-se: recomendar modificações e receber sugestões técnicas que visem a garantia de segurança dos trabalhos realizados a bordo e apenas manter o ambiente não gerando a melhoria das condições de trabalho e de bem-estar a bordo.
Páginas: 12