PRÁTICA DE FÍSICO-QUÍMICA EXPERIMENTAL I


Em um experimento utilizando um calorímetro 500 g de água foram adicionados a uma temperatura de 30°C, após 10 minutos sua temperatura caiu para 25°C, considerando que o calor específico da água seja 1 cal/g°C, calcule a quantidade de quilocalorias que foi perdida.


1 Kcal
3,4 Kcal
5,0 Kcal
1,8 Kcal
2,5 Kcal

Na determinação da massa molar do magnésio através da gasometria, mede-se o volume de hidrogênio (H2) desprendido, quando uma massa conhecida de magnésio reage com excesso de ácido clorídrico (HCl), de acordo com a equação apresentada a seguir:

Mg(s) + 2HCl(aq) à MgCl2(aq) + H2(g)

                Considerando que 2,0 g de magnésio reaja com excesso de ácido clorídrico a uma temperatura de 27°C e 0,98 atm de pressão, qual o volume aproximado de gás hidrogênio gerado? Dados: Mg = 24g/mol.


4,18 L
1,39 L
12,62 L
25,10 L
2,08 L
Em uma análise gasométrica para a determinação da massa molar do magnésio, espera-se que o resultado encontrado seja equivalente a 24 g/mol, já que esse valor já é conhecido de acordo com a tabela periódica. Então sabendo que 0,08 g de magnésio foram pesados e colocados em contato com ácido clorídrico para a liberação de gás hidrogênio. Qual será a pressão que deveremos encontrar sabendo que foram liberados 75 mL a uma temperatura de 25°C? Dados: Mg = 24g/mol   Mg(s) + 2HCl(aq) à MgCl2(aq) + H2(g)

1,89 atm
2,20 atm
0,54 atm
0,90 atm
1,08 atm
A 4ª Conferência das Partes (COP4) da Convenção para Controle do Tabaco, organizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), levantou uma discussão que tirou o sono de produtores de tabaco e cigarreiras: a retirada de aditivos, principalmente o açúcar e a amônia, da lista de componentes do cigarro. Quando o açúcar participa da queima do cigarro, ele se transforma em um composto chamado acetaldeído, que causa a degeneração dos neurônios e câncer e o segundo aditivo, a amônia, pode potencializar em até cem vezes os efeitos viciantes da nicotina no organismo. Sendo assim algumas empresas tabagistas já foram acusadas de adicionarem amônia aos cigarros, numa tentativa de aumentar a liberação de nicotina, o que fortalece a dependência. Então supondo que uma amostra de cigarro libere 6,8 mg de amônia, a 30°C e 1 atm.  O volume de NH3 gasoso, em mL, liberado será, aproximadamente: Dados: N = 14 g/mol; H = 1 g/mol.

9,9
2,87x10-3
2,87
9,9x10-3
5,45
Os Estados Unidos são o maior produtor de etanol do mundo, com produção anual de cerca de 51 bilhões de litros O segundo maior produtor de etanol do mundo é o Brasil, com cerca de 24 bilhões de litros. Sua combustão ocorre com a presença de oxigênio produzindo dióxido de carbono e água, de acordo com a reação (não balanceada) a baixo. C2H6O + O2 à CO2 + H2O Sendo assim, na combustão de 200 g de etanol, qual o volume de dióxido de carbono que será produzido em uma temperatura de 25°C a 1 atm de pressão? Dados: C = 12 g/mol; H = 1 g/mol; O = 16 g/mol

305,85 L
212,59 L
248,55 L
124,20 L
106,24 L

Em um calorímetro ocorreu a mistura de 100 g de água a 70°C com 50 g de água a 40°C, após alguns minutos observou que a temperatura estabilizou em 55°C. Considerando-se o calor especifico da água igual a 1,0 cal/g.°C. Sendo assim, calcule a quantidade de calor cedida para o calorímetro.


500 cal


1500 cal


750 cal


925 cal


1000 cal

Em um experimento realizado para se determinar a entalpia de decomposição da água oxigenada, foram adicionados 80 mL de H2O2 0,5 mol/L a uma temperatura de 25°C em um calorímetro com capacidade calorífica de 813,08 cal/°C. Após a adição de 50 mL de uma solução aquosa de catalizador a temperatura foi registrada em 29°C. Calcule o valor de entalpia de decomposição para a água oxigenada em Kcal.

Dados: considerar a capacidade calorífera da solução aquosa igual a 1 cal/g°C; densidade da água igual a 1 g/mL e volume da solução igual a 130 mL.


-34,150 Kcal


-102,462 Kcal


-68,308 Kcal


+34,150 Kcal


+68,308 Kcal

Em uma análise gasométrica para a determinação da massa molar do magnésio, 0,1 g de magnésio foi pesado e colocado em contato com ácido clorídrico concentrado para a liberação de gás hidrogênio, na qual foi recolhido em uma proveta submersa em água. Qual será o volume de gás recolhido sabendo que a pressão é igual a 1,02 atm e a temperatura igual a 15°C?

Dados: Mg = 24g/mol

 

Mg(s) + 2HCl(aq) à MgCl2(aq) + H2(g)


96,5 mL


72,4 mL


64,3 mL


65,8 mL


105,2 mL

Uma amostra de ferro (Fe) pesando 0,085 g foi transferida para um erlenmeyer contendo ácido clorídrico concentrado. O frasco foi imediatamente fechado e o gás desprendido da reação foi recolhido em uma proveta imersa em água. Sabendo que o volume de gás recolhido foi igual a 57,93 mL a uma pressão de 0,97 atm e 28°C, calcule a massa molar do ferro.

2Fe(s) + 6HCl(aq) → 2FeCl3(aq) + 3H2(g)


28 g/mol


42 g/mol


64 g/mol


56 g/mol


84 g/mol

A análise de nitrogênio amoniacal em amostras de água consiste na destilação da amostra em meio básico, com a finalidade de levar o íon amônio presente na amostra a gás amoníaco, e fixá-lo em solução de ácido bórico, formando um sal que posteriormente será titulado. Portanto, sabendo que uma amostra que contenha sulfato de amônio será tratada com hidróxido de sódio a fim de produzir amônia (gás amoníaco), calcule a massa de sulfato de amônio necessário para reagir com hidróxido de sódio para que sejam obtidos 50 litros de amônia a 27°C e 5 atm de pressão?

(NH4)2SO4 + 2NaOH → 2Na2SO4 + 2NH3 + 2H2O

Dados: N = 14 g/mol; H = 1 g/mol; S = 32 g/mol; O = 16 g/mol


335,28 g


670,56 g


4005,84 g


1341,12 g


447,04 g

Páginas: 12