O BRASIL CONTEMPORÂNEO: ASPECTOS CULTURAIS E ECONÔMICOS


A transição democrática no Brasil foi um processo “lento e gradual” que se estendeu de 1974 a 1985. São acontecimentos que se inserem no quadro da transição brasileira:

I) A abertura política promovida pelo governo do General Geisel.

II) A crise do Petróleo, decorrente dos conflitos no Oriente Médio.

III) O fortalecimento da oposição e da sociedade civil.

Estão corretas as afirmações contidas em:


II e III.
III.
I, II e III.
I e II.
I e III.

O Regime Militar durou cerca de 21 anos no Brasil: de 1964 a 1985. Em meados da década de 1980, a Ditadura Militar chegou ao fim por meio de um longo processo de lutas, entre as quais podemos destacar:

I) Um grande movimento de massas pelo retorno da Democracia.

II) A formação de uma Ampla Aliança no parlamento pelo fim dos governos militares.

III) A eleição indireta de um candidato civil para presidente da república.

Estão corretas as afirmações contidas em:


II e III.
I e II.
III.
I e III.
I, II e III.

No século XIX, a História se sobrepos a literatura como campo de estudo e conhecimento da realidade. De acordo com a visão da época, isso se deu porque:

I) A História é uma ciência que se baseia nos documentos.

II) A literatura sempre trabalha com a ficção, portanto, descolada do real.

III) História e Literatura são campo do conhecimento totalmente antagônicos.

Estão corretas as afirmações contidas em:


II e III.
I e III.
I, II e III.
I e II.
II.

A aproximação entre História e Literatura tem aberto novos campos de estudos para os historiadores. Neste sentido, como o historiador deve trabalhar com a literatura?

I) Buscar historicizar a obra literária em seu contexto.

II) Tomar o texto literário como verdade absoluta e inquestionável.

III) O texto literário deve ser cruzado com outras fontes documentais.

Estão corretas as afirmações contidas em:


II.
I e III.
I, II e III.
II e III.
I e II.

Sobre as sociedade contemporâneas que emergiram a partir de fins do século XX é correto afirmar que:

I) caracteriza-se pela ascensão das políticas neoliberais.

II) constitui-se como uma sociedade de economia globalizada.

III) é marcada pela ausência se desigualdades sociais muito gritantes.

Estão corretas as afirmações contidas em:


I e III.
I, II e III.
II e III.
I e II.
II.

Ao longo do período de luta contra a ditadura, ocorreu na sociedade brasileira a emergência de uma série de novos movimentos sociais e organizações políticas. Estre elas podemos destacar:

I) O surgimento de um forte movimento grevista que desaguou na formação da CUT.

II) A reorganização da luta pela terra expressa na formação do MST.

III) O aparecimento dos partidos comunistas no Brasil, PCB e PcdoB.

Estão corretas as afirmações contidas em:


II.
I e II.
II e III.
I, II e III.
I e III.

O escritor José de Alencar foi muito importante na construção de uma imagem do Brasil como país único e particular. Sobre a sua obra podemos afirmar que:

I) As obras de José de Alencar se inserem no quadro de ascensão do nacionalismo no Brasil.

II) A obra O Guarani procurou fornecer um imagem do Brasil enquanto nação.

III) Alencar incorporou o índio como simbolo nacional, mas excluiu a figura do negro.

Estão corretas as afirmações contidas em:


II e III.
I, II e III.
I e II.
I e III.
I.

A apropriação dos estudos literários pelos historiadores tem permitido que eles aprofundem seus conhecimentos sobre:

I) Os acontecimentos políticos e econômicos do passado.

II) Sobre a representação que as sociedades tem da sua época.

III) Do funcionamento e da dinâmica da história cultural.

Estão corretas as afirmações contidas em:


I, II e III.
I.
II e III.
I e III.
I e II.

Sobre a visão do trabalho na sociedade brasileira, pode-se afirmar:

I) O sistema escravista disseminou uma visão negativa do trabalho.

II) o trabalho era visto como um meio de ascensão social.

III) A figura do povo preguiçoso aparece também na literatura brasileira, como em O Jeca Tatu.

Estão corretas as afirmações contidas em:


I e II.


I e III.


I, II e III.


II e III.


II.

Segundo Roberto Da Matta, a construção da identidade brasileira foi marcada por uma dualidade entre:

I) Natureza e cultura exuberante, índices sociais alarmantes

II) Consolidação da democracia, subdesenvolvimento econômico.

III) Preservação da cultura indígena, preconceito contra os europeus.

Estão corrtas as afirmações contidas em:


II e III.


I e III.


I.


I, II e III.


I e II.

Páginas: 123