O BRASIL CONTEMPORÂNEO: ASPECTOS CULTURAIS E ECONÔMICOS


Nas eleições de 1985, em que a oposição venceu o pleito elegendo Tancredo Neves (PMDB) para Presidente da República, os militares indicaram com seu candidato o nome de:


Theotonio Vilela.
José Sarney.
Fernando Collor.
Aureliano Chaves.
Paulo Maluf.

O crescimento do “trabalho precário” (setor informal e trabalho temporário) emerge como centro das preocupações contemporâneas, tendência que atinge inclusive as economias centrais do capitalismo, como os Estados Unidos.

Podemos apontar como elementos desse processo de “precarização” do trabalho:

I) o aumento do número de empregos com “carteira assinada” (direitos trabalhistas garantidos).

II) o impacto da III Revolução Industrial (robótica e informática) que eliminou muitos postos de trabalho.

III) as práticas de terceirização e prestação de serviços implementadas pelas grandes empresas.

Estão corretas as alternativas contidas em:


I, II e III.
I e III.
II e III.
I e II.
III apenas.

É correto afirmar que, no mundo globalizado, a função da “nação-estado”:


conseguiu estender os benefícios econômicos aos mais pobres.
foi diminuindo de tamanho e de função na vida do país.
passou a controlar as transações econômicas e financeiras. 
promoveu profundas reformas sociais.
passou a ser mais autônoma nas políticas públicas.

Sobre a história das Constituições brasileiras, analise as afirmações abaixo:

I) A Constituição de 1824 estabeleceu voto censitário e eleições indiretas.

II) A Constituição de 1934 instituiu direitos trabalhistas como salário-mínimo, férias e jornada de trabalho.

III) A Constituição de 1988 estabeleceu o sufrágio universal e o voto para analfabetos.

Estão corretas as afirmações contidas em:


II e III.
I e II.
II.
I, II e III.
I e III.

Leia o trecho abaixo proferido na promulgação da Constituição de 1988:

“Termino com as palavras com que comecei esta fala: a Nação quer mudar. A Nação deve mudar. A Nação vai mudar. A Constituição pretende ser a voz, a letra, a vontade política da sociedade rumo à mudança.”

O presidente que coordenou os trabalhos da Assembléia constituinte foi:


Fernando Collor.
José Sarney.
Ulisses Guimarães.
Tancredo Neves.
Paulo Maluf.

Entre os fatores abaixo, assinale os que contribuíram para o enfraquecimento do Regime Militar no Brasil:

I) A crise econômica internacional do capitalismo.

II) A derrocada da União Soviética.

III) A crise do Petróleo

IV) O fortalecimento das forças e das ideias da oposição.

Estão corretas as afirmações em:


II e III.
I e II.
III.
I e IV.
I, III e IV.

A transição democrática no Brasil foi um processo “lento e gradual” que se estendeu de 1974 a 1985. São acontecimentos que se inserem no quadro da transição brasileira:

I) A abertura política promovida pelo governo do General Geisel.

II) A crise do Petróleo, decorrente dos conflitos no Oriente Médio.

III) O fortalecimento da oposição e da sociedade civil.

Estão corretas as afirmações contidas em:


II e III.
III.
I, II e III.
I e II.
I e III.

O Regime Militar durou cerca de 21 anos no Brasil: de 1964 a 1985. Em meados da década de 1980, a Ditadura Militar chegou ao fim por meio de um longo processo de lutas, entre as quais podemos destacar:

I) Um grande movimento de massas pelo retorno da Democracia.

II) A formação de uma Ampla Aliança no parlamento pelo fim dos governos militares.

III) A eleição indireta de um candidato civil para presidente da república.

Estão corretas as afirmações contidas em:


II e III.
I e II.
III.
I e III.
I, II e III.

No século XIX, a História se sobrepos a literatura como campo de estudo e conhecimento da realidade. De acordo com a visão da época, isso se deu porque:

I) A História é uma ciência que se baseia nos documentos.

II) A literatura sempre trabalha com a ficção, portanto, descolada do real.

III) História e Literatura são campo do conhecimento totalmente antagônicos.

Estão corretas as afirmações contidas em:


II e III.
I e III.
I, II e III.
I e II.
II.

A aproximação entre História e Literatura tem aberto novos campos de estudos para os historiadores. Neste sentido, como o historiador deve trabalhar com a literatura?

I) Buscar historicizar a obra literária em seu contexto.

II) Tomar o texto literário como verdade absoluta e inquestionável.

III) O texto literário deve ser cruzado com outras fontes documentais.

Estão corretas as afirmações contidas em:


II.
I e III.
I, II e III.
II e III.
I e II.
Páginas: 123