MODERNIDADE: A ORDEM BURGUESA E A ERA DO CAPITAL


O processo de organização dos Estados nacionais na Europa, marcou o advento de profundas transformações no panorama político desse continente. Considerando os elementos históricos que articularam a Formação dos Estados Nacionais europeus, marque (V) verdadeiro ou (F) falso para as seguintes afirmativas referentes à Formação dos Estados Nacionais:

 

( ) A Formação dos Estados Modernos na Europa criou condições para que se efetivasse seu processo de Renascimento Urbano.
( ) A Formação dos Estados nacionais europeus, implicou na centralização do poder político e surgimento da monarquia fortalecida.
( ) Com a organização dos Estados nacionais, a burguesia europeia passou a usufruir de melhor infraestrutura urbana.
( ) Foi a ascensão da burguesia ao poder o que possibilitou a centralização da autoridade política em torno dos grandes artesãos e comerciantes.
( ) Ao Clero sempre interessou a centralização política nas mãos da burguesia, visto que a nobreza não atendia mais aos ditames da Igreja.

 

Agora assinale a alternativa que apresenta a sequencia correspondente àss afirmativas corretas:

 


F F V F F


V F V F V


F F F F F


V V V V V


F V V F F

Após refletir sobre aquilo que singulariza o mercantilismo enquanto sistema econômico proposto, analise as afirmativas seguintes, assinalando como verdadeira (V) ou falsa (F) cada proposição.

 

(  ) O Estado limita as importações de bens de consumo estrangeiros taxando-os e promove as exportações por meio de subsídios. No que diz respeito ao capital, ele também procura limitar sua saída.

(  ) Teoria do crescimento orientada para a exportação ou protecionismo. Uma forma de proteção da economia nacional, onde governo intervém fortemente na economia com as chamadas medidas protecionistas.

(  ) Desvalorização dos metais preciosos enquanto riqueza econômica, com gradativo retorno à economia amonetária e de subsistência agropastoril.

(  ) Estado ausente, sem participação direta junto ao mercado, se eximindo de interferir nas questões econômicas.

 

Agora assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

 


V; V; F; F.


F; F; F; F.


V; F; F; F.


V; V; V; V.


V; F; V; F.

Leia com atenção o texto seguinte:

 

Para a Coroa lusa, a defesa do monopólio das rotas e tráficos mercantis – para e no Oriente – tornou-se cada vez mais dispendiosa: renovação das frotas, conservação das fortalezas, gastos com pessoal militar, burocrático e eclesiástico, corrupção, naufrágios. Além do mais, agravaram-se, com o passar do tempo, os conflitos armados com os potentados muçulmanos na Índia e nas Molucas. Em consequência, foi necessário contrair empréstimos com os banqueiros flamengos, italianos e alemães. Ao endividamento do Estado somou-se, aos poucos, o déficit crescente das importações sobre as exportações. (FALCON, Francisco José Calazans. O capitalismo unifica o mundo. In: AARÃO, Daniel Reis Filho, et al. O século XX: O tempo das certezas. São Paulo, Civilização Brasileira, 2006, p. 11-76., p. 35)

 

Considerando esse contexto, avalie as seguintes asserções e a relação proposta entre elas.

I. A estrutura dispendiosa do Estado português é complexa como se pode verificar pela leitura do trecho.

PORQUE

II. A reforma protestante fomentada e defendida por Portugal custou caro aos cofres públicos.

A respeito dessas asserções, assinale a opção correta:


As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa da I.


As asserções I e II são proposições falsas.


As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa da I.


A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.

 


A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.

Com relação a reforma Protestante, analise as afirmações abaixo:


I - A doutrina protestante, na medida em que exaltava o trabalho, foi uma importante alavanca na direção do capitalismo.
II – Todo o movimento de reforma baseava na defesa da venda das indulgências papais como forma de perdão dos pecados.
III –A reforma protestante fortalecia a formação dos Estados nacionais, pois atribuía aos monarcas o direito da cobrança dos impostos, e não ao Papa.


Estão corretas as afirmações contidas em:


II e III.


I, II e III.


I e III.


I e II.


II.

A dinâmica de orformação dos Estados nacionais europeus,representa o surgimento de mudaças profundas no panorama político desse continente. Levando em conta os aspectos históricos que possibilitaram a Formação dos Estados Nacionais europeus, assinale a alternativa correta:
 


O surgimento do Estado Moderno europeu favoreceu o Renascimento Urbano.
 


Foi a ascensão da burguesia ao poder o que possibilitou a centralização da autoridade política em torno dos grandes artesãos e comerciantes.
 


A Formação dos Estados nacionais europeus implicou na centralização do poder político e surgimento da monarquia fortalecida.
 


Ao Clero sempre interessou a centralização política nas mãos da burguesia, visto que a nobreza não atendia mais aos ditames da Igreja.
 


Com a organização dos Estados nacionais, a burguesia europeia passou a sofrer com a falta de saneamento e conforto urbano, algo que era comum na Idade Média.

Após refletir sobre os dois grandes dilemas políticos e econômicos atinentes ao Mercantilismo e a Revolução Industrial, analise as afirmativas seguintes, assinalando como verdadeira (V) ou falsa (F) cada proposição.

 

(  ) O atrelamento do mercantilismo aos ideais de um Estado liberal difundidos pelo barão de Montesquieu.

(  ) A retração da produtividade industrial em função de um retorno técnico à manufatura artesanal.

(  ) A relação teórica e complexa envolvendo maquiavelismo e mercantilismo (e a aplicação dos pressupostos da Razão de Estado).

(  ) A antinomia “desenvolvimento x sustentabilidade” que decorre da experiência produtiva desencadeada pela maquinofatura.

 

Agora assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

 


V; F; V; F.


F; F; V; V.


V; V; F; F.


V; V; F; V.


V; V; V; V.

Qual das alternativas abaixo apontam das causas da Reforma Protestante do século XVI?


I) O fortalecimento da burguesia comercial ocorrida nos séculos anteriores.
II) A profunda crise vivenciada pela Igreja Católica naquele momento.
III) A ampliação das práticas de venda de indulgências e de mercantilização da fé.


Estão corretas as afirmações contidas em:


I, II e III.
 


I e II.
 


II e III.
 


I e III.
 


I.

Após refletir sobre a proposta do professor Marshal Berman, que entendia o desenvolvimento da sociedade moderna como processo constituído por três fases, etapas, ou subdivisão, fundamentais, analise as afirmativas seguintes, assinalando como verdadeira (V) ou falsa (F) cada proposição.

 

(  ) com o início do século XVI até o fim do século XVIII e, ainda que represente o começo de uma experiência de vida já moderna, é uma modernidade em estágio embrionário, uma modernidade que ainda não se sabe modernidade;

(  ) com o início no período próximo a Revolução Francesa, quando se pode dizer, segundo o autor, que pela primeira vez um grande e moderno público partilha o sentimento de viver uma mesma experiência – viver em uma era revolucionária. Esse homem moderno ainda não o é inteiramente porque tem o coração dividido. Ainda sabe bem o que era viver num mundo não-moderno. É um homem que vive em dois mundos a um só tempo;

(  ) pelos rudimentos da medievalidade, com a ascensão do Governo de Carlos Magno, marcando a consolidação de um processo de centralização da autoridade política iniciado com o fim do Império Romano.

(  ) surgiria com o século XX, com a expansão do processo de modernização que chega a abarcar virtualmente todo o mundo. Esse “compartilhar” uma experiência, vivência e sentimentos comuns chega aqui a seu ápice em termos de extensão do movimento.

 

Agora assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

 


V; V; F; F.


F; F; F; F.


V; F; V; F.


V; V; V; V.


V; V; F; V.

No que tange às reformas empreendidas pela Comuna de Paris, é possível avaliar as afirmações a seguir como corretas ou erradas.

I. O trabalho noturno foi extinto;

II. Oficinas que estavam fechadas foram reabertas para que cooperativas fossem instaladas;

III. Residências vazias foram desapropriadas e reocupadas;

IV. Em cada residência oficial foi instalado um comitê para organizar a ocupação de moradias;

 

É correto apenas o que se afirma em:

 


I e II


III e IV


I, II, III e IV


I, II e IV


II e IV

Após refletir sobre o advento da chamada Pós-modernidade, sua essência processual e seus desdobramentos, analise as afirmativas seguintes, assinalando como verdadeira (V) ou falsa (F) cada proposição.

 

(  ) Representa o aumento do conhecimento em todas as áreas, potencializados pela globalização e o desenvolvimento da mídias.

(  ) A razão é percebida como um instrumento de poder e dominação que sufoca o sujeito, seus sentimentos, sua imaginação, sua intuição.

(  ) A tecnologia implementada é desumanizadora. Pouco a pouco, o otimismo da modernidade dá lugar ao desencantamento e à desilusão.

(  ) Vê ruir os três alicerces fundamentais da modernidade: universalidade; individualidade e autonomia.

 

Agora assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

 


F; F; F; F.


V; V; V; V.


V; V; F; F.


V; V; F; V.


V; F; V; F.

Páginas: 123456