GEOLOGIA APLICADA À ENGENHARIA


O tempo é dividido em uma escala que apresenta divisões baseadas na ocorrência de organismos. Quais as grandes divisões dessa escala, em ordem crescente?


Eons, épocas, períodos e eras.
Lerons, períodos, épocas e eras. 
Lerons, períodos, eras e épocas.
Épocas, períodos, eras e éons. 
Períodos, éons, eras e épocas.

Observe atentamente o mapa.

 

 

Com relação as formações geológicas do Brasil, analise as seguintes afirmativas:

 

I -  O País possui poucas áreas de falhamentos e grande parte das rochas vulcânicas está localizada no centro oeste do país.

II – A disposição das estruturas geológica brasileiras dá para se notar que a grande maioria refere-se maioria a depósitos sedimentares, cujas idades são bastante antigas.

III – As estruturas e formações geológicas no território brasileiro são antigas, mas as formas de relevo são mais recentes.


I e III, apenas
II e III, apenas
III, apenas
I e II, apenas
I, II e III.

Observe atentamente a figura abaixo, que representa o ciclo das rochas:

Figura: Ciclo natural das rochas.

Fonte: elaboração do autor. 

Com base na observação atenciosa da figura, analise as afirmações a seguir:

I) A fusão das rochas ígneas, sedimentares e metamórficas, pode originar os magmas que darão origem a novas rochas ígneas, por meio do aumento de temperatura, por variações na pressão, no teor de fluidos, ou, mais comumente, pela combinação destes fatores.

II) As rochas sedimentares são formadas a partir das outras pré-existentes, por meio da sedimentação de material produzido pelas ações dos agentes do intemperismo.

III) Os protólitos dão origem às rochas metamórficas, podendo estes ser de origem ígnea, sedimentar ou até mesmo metamórfica.

IV) As rochas fazem parte de um processo dinâmico, representado por variações de temperatura e pressão, movimentos tectônicos e, em sua consequência, ocasiona tremores e atividades vulcânicas.

V) A diagênese diz respeito ao conjunto de transformações por que passa a rocha sedimentar em formação, a partir da deposição dos sedimentos.

São corretas as afirmações:


II, IV e V, apenas
I, II, III, IV e V
I, III e V, apenas
II, III e IV, apenas
I, II e III, apenas

O valor da umidade de um solo vai depender da localização, de onde foi coletada a amostra. O valor máximo do seu conteúdo em água depende da porosidade. Como se pode definir porosidade?


É a relação entre o volume de água e o volume dos sólidos.
É a relação de volumes entre sólidos e líquidos.
É a relação entre o volume de vazios e o volume total do solo.
É a relação entre volumes e espaços vazios.
É a relação entre espaços vazios e os volumes de líquidos.

A crosta terrestre sofreu, no decorrer da história da Terra, processos endógenos presentes na formação do relevo.

 

Em relação aos processos endógenos presentes nessa formação, considere as afirmativas a seguir.

 

I. A orogênese costuma acontecer em uma velocidade elevada, quando comparada com as demais transformações terrestres, ocorrendo em terrenos ou regiões geologicamente recentes e, por isso, instáveis.

II. As pressões no interior da crosta terrestre, quando agem horizontalmente sobre as camadas de rochas mais maleáveis, provocam o dobramento dessas camadas, podendo originar montanhas e cordilheiras.

III. Diastrofismo resulta de movimentos da crosta produzidos por processos tectônicos provocados e propagados pela energia externa da Terra.

IV. As montanhas de falhamento surgem a partir da ocorrência de uma falha geológica, que transforma um terreno mais ou menos plano em um perfil escarpado, que depois ganha contornos montanhosos.

 

Assinale a alternativa correta.


Somente as afirmativas III e IV são corretas.   
Somente as afirmativas I e IV são corretas.
Somente as afirmativas I, II e IV são corretas
Somente as afirmativas I e II são corretas.   
Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

Observe atentamente à figura e, em seguida, analise as assertivas.

Fonte: Disponível em: . Acesso em 04 jun. 2018

 

I. As zonas de subducção, entre a placa do Nazca e a placa Sul-americana, resultam no consumo da placa do Nazca e no soerguimento da placa Sul-americana, formando a Cordilheira dos Andes, devido ao movimento tectônico convergente.

II. Os vulcões colaboram para que ocorra a formação de cadeias montanhosas, como aquela encontrada entre a placa Sul-americana e a Africana, formada por meio da dorsal Meso-oceânica, desencadeando um movimento tectônico divergente.

III. A região sul da placa Euro-asiática e a região norte da placa Indo-australiana são marcadas por intensas atividades vulcânicas.

IV. Entre a placa Norte-americana e a placa do pacífico existem zonas de subducção, que inauguram movimentos divergentes, com escassa atividade vulcânica.

 

Assinale a alternativa que apresenta apenas as assertivas corretas:


II e IV.
I, II e III.
I e III.
I, II e IV.
I, III e IV.

As diversas alterações que pode sofrer o solo podem afetar pesos e volumes das fases do solo, exceto a quantidade de partículas sólidas que deve se manter inalterada para o estudo dos índices físicos do solo.Diante dessas várias correlações relacione a segunda coluna de acordo com a primeira

( 1 ) Índice de vazios: é a relação entre volume de vazios e o volume de sólidos de um solo;

( 2 )  Grau de saturação: é a relação entre o volume de água e o volume de vazios do solo;

( 3 ) Porosidade: é a relação entre o volume de vazios e o volume total;

( 4 ) Umidade: é a relação entre o volume de água e o volume de vazios, por isso pode variar de 0, quando seco, a 100%, quando saturado;

( 5 ) Peso específico das partículas sólidas (ou dos grãos): é a relação entre o peso das partículas sólidas e seu volume.

( 6 ) Peso específico de um solo

 

(    ) é a relação entre o peso da água e o peso dos sólidos em uma porção do solo, sendo expressa em percentagem;

(    ) é a relação entre volume de vazios e o volume de sólidos de um solo;

(    ) é a relação entre o seu peso total e o seu volume total

(    ) é a relação entre o volume de água e o volume de vazios do solo;

(    ) é a relação entre o peso das partículas sólidas e seu volume.

(    ) é a relação entre o volume de vazios e o volume total;

 

A sequência correta está contida em:

 


3, 1, 6, 2, 5, 4 
3, 1, 2, 2, 5, 6
4, 1, 2, 5, 6, 3 
4, 1, 6, 2, 5, 3 
4, 2, 6, 5, 1, 3 

Considerando o mapa que segue, analise as afirmativas:


Geologia_14.png

Mapa: Recursos minerais de Minas Gerais.

 

I) O estado de Minas Gerais apresenta-se com grande potencial de produção de minerais energéticos, como Tório, Urânio e Xisto betuminoso.

II) O estado de Minas Gerais é produtor de Níquel.

III) Dentre os minerais importantes para a Engenharia Civil, destaca-se o Zinco, produzido especialmente a Norte próximo à região do triângulo, no estado de Minas Gerais.

IV) Na região das bacias sedimentares, no triângulo mineiro, não são encontrados registros fósseis devido às intensas atividades vulcânicas.

V) O Quartzo, produzido especialmente na região sul do estado de Minas Gerais, próximo às jazidas de Urânio, não tem aplicabilidade na Engenharia Civil, devido a seu baixo grau de dureza.

 

Assinale a alternativa que apresenta as assertivas corretas. 


I, II, III e V, apenas
I, III e IV, apenas
II, III, IV e V, apenas
I, II e III, apenas
II, IV e V, apenas

As placas tectônicas estão movimentando-se, mas nem sempre na mesma direção, o que provoca o afastamento entre elas, em alguns casos, ou a colisão, em outros, havendo ainda os movimentos laterais, conforme se observa na figura que segue.

 


Geologia_22.png

Fonte: Acervo do autor.

 

A partir da análise da figura, é possível afirmar que:


Os movimentos divergentes representam as áreas de encontro entre duas placas tectônicas e a consequente formação de fraturas nessas localidades, onde também o magma derrete e renova a composição dessa crosta.
Os movimentos convergentes de obducção envolvem o conflito entre duas placas, mas sem o afundamento de uma sob a outra, provocando a formação de limites conservativos. Um efeito conhecido dessa ocorrência foi a formação da falha geológica de San Andreas, na América do Norte. 
Os movimentos convergentes de subducção são responsáveis pela formação de cadeias montanhosas, como a Cordilheira dos Himalaias, na porção oeste da China.
A movimentação das placas tectônicas também acarreta outros fenômenos geológicos, como a ocorrência de terremotos com exceção da manifestação dos vulcões. 
Os principais registros de fenômenos geológicos se dão principalmente nas áreas limítrofes entre uma placa e outra, cujo exemplo mais notório é da placa do Nazca e a placa Sul-americana, uma área que se estende do oeste da América do Sul ao leste da Ásia e algumas partes da Oceania. 

Analise as descrições a seguir, considerando os tipos de rocha, seus processos de formação e ambientes de ocorrência.

I. Estas rochas podem ser formadas por processos intempéricos e erosivos, a partir dos fragmentos de outras rochas.

II. Rochas desse tipo têm duas formas de resfriamento: interna ou externamente à crosta, dando origem às rochas intrusivas e extrusivas, respectivamente, a partir do magma vulcânico.

III. Estas rochas podem se formar a partir dos processos metamórficos, como alteração de temperatura e pressão, em rochas pré-existentes. 

Assinale a opção que relaciona corretamente os tipos de rochas às suas características. 


I – metamórficas; II – magmáticas; III – sedimentares.    


I – ígneas; II – metamórficas; III – sedimentares.   


I – metamórficas; II = ígneas extrusivas; III – sedimentares.    


I – sedimentares; II – ígneas; III – metamórficas.    


I – magmáticas; II – sedimentares extrusivas; III – metamórficas.

Páginas: 12345678910
1112