FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I


Um Veículo faz uma viagem de uma cidade A até uma outra cidade B. Os primeiros 250 km são percorridos com uma velocidade média de 100 km/h. Após uma parada de 30 minutos para um lanche, a viagem é retomada, e os 150 km restantes são percorridos com velocidade média de 75 km/h.

A velocidade média aproximada da viagem completa foi, em m/s:


144


80


100


22


60

O parafuso mostrado na figura está sujeito a duas forças F1 e F2. Desenvolvendo os cálculos e determinando o módulo da força resultante, é correto afirmar que a FR é APROXIMADAMENTE:


296, 36 N
301, 95
500, 52 N
298, 25 N
278, 55 N

O Sr. Luiz sai de sua casa caminhando com velocidade escalar constante de 3,6 km/h, dirigindo-se para o supermercado que está a 1,5 km. Seu filho Denir, 5 minutos após, corre ao encontro do pai, levando a carteira que ele havia esquecido. Sabendo que o rapaz encontra o pai no instante em que este chega ao supermercado, podemos afirmar que a variação entre as velocidades (escalares média), em km/h, de Denir para o pai Luiz foi igual a


0,9
0,7
1
0,5
1,2

Uma partícula de 4 kg de massa é abandonada de uma determinada altura. Depois de certo intervalo de tempo, logo após o início do movimento, a partícula atinge uma velocidade de módulo 5 m/s. Durante esse intervalo de tempo, o trabalho (em J) da força peso sobre a partícula, ignorando a resistência do ar, é:


40
30
60
20
50

Supondo-se que uma partícula esteja em equilíbrio estático na junção entre as forças F1, F2 , conforme representado na figura . 

Se a massa de W  igual a 10 kg podemos afirmar que valor da força de tração F1 é exatamente:

 


65,5 N
50 N
86,6 N
55,6 N
68,6 N

O Sr. Luiz sai de sua casa caminhando com velocidade escalar constante de 3,6 km/h, dirigindo-se para o supermercado que está a 1,5 km. Seu filho Denir, 5 minutos após, corre ao encontro do pai, levando a carteira que ele havia esquecido. Sabendo que o rapaz encontra o pai no instante em que este chega ao supermercado, podemos afirmar que a velocidade escalar média, em km/h, de Denir foi igual a


4,5
5
3,5
3
4

Uma partícula em movimento retilíneo desloca-se de acordo com a equação v = -4 + t, onde v representa a velocidade escalar em m/s e t, o tempo em segundos, a partir do instante zero. O deslocamento dessa partícula no intervalo (0 s, 8 s) é


3
-2
10
0
8

Um corpo é lançado com velocidade horizontal de 2,5 m/s do alto de um edifício e alcança o solo a 5 m da base do mesmo.

Despreze efeitos de resistência do ar e indique, em metros, a altura do edifício.

 

Considere: g = 10 m/s2.

 


10
20
7,5
12,5
2

Um móvel inicia uma trajetória com uma velocidade de 6 m/s e realiza um movimento uniformemente variado com aceleração igual a 3 m/s2. O espaço percorrido pelo móvel, em metros, sabendo que no fim da trajetória sua velocidade era de 30 m/s é exatamente


108.
156.
144.
164.
136.

Um carro se desloca com velocidade de 144 km/h, quando de repente o motorista vê um obstáculo à sua frente, aciona os freios e pára em 5s. 

O módulo da aceleração (em m/s2) média imprimida ao carro pelos freios e a distância (em metros) percorrida pelo carro durante a frenagem, foram respectivamente iguais a:


28,8 e 360
-8 e 160
-5 e 150
5 e 120
8 e 100