CIDADANIA, HETEROGENEIDADE E DIVERSIDADE


Leia atentamente o que afirma o historiador Sérgio Buarque de Holanda sobre o panorama étnico de Portugal às vésperas do descobrimento:

"a ausência completa, ou praticamente completa, entre eles, de qualquer orgulho da raça. Ao menos do orgulho obstinado e inimigo de compromissos, que caracteriza os povos do Norte. Essa modalidade de seu caráter, que os aproxima das outras nações de estirpe latina e, mais do que delas, dos mulçumanos da África, explica-se muito pelo fato de serem os portugueses, em parte, e já ao tempo do descobrimento do Brasil, um povo de mestiços."

(HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. Rio de Janeiro, José Olympio, 1976, p.22.)

 

Refletindo sobre o que diz o historiador e as indicações de leitura da etapa em curso, aponte a alternativa que conecta a realidade sócio-cultural lusitana e o seu impacto sobre a formação do povo brasileiro:


Assim como Portugal, o Brasil foi feito de uma combinação especial de possibilidades étnicas.
O multiculturalismo português só vingou no Brasil porque encontrou índios e negros submissos, sem nenhuma expressividade cultural.
Toda a diversidade descrita por Sérgio Buarque, não atravessou o Atlântico, ficando restrita à Península.
Portugal influenciou a tal ponto o Brasil, que não sobrou espaço para as manifestações indígenas e africanas.
A pluralidade étnica de Portugal, pouco afetou o processo civilizatório brasileiro.

Leia com atenção o trecho seguinte:

Quanto maior a distância da mancha urbana, mais apta estará a área para a implantação de um aterro, pois a população estará distante dos odores, assim como dos insetos e demais vetores de doenças encontrados no local. Segundo Rafael e Witold, a distância dos aterros sanitários do perímetro urbanos visa afastar os impactos ambientais gerados pelos resíduos sólidos na natureza. (GREGÓRIO, Bernarda de Souza ; AZEVEDO, Geide Moreira de; SOUZA, Jacqueline Lopes de ; SANTOS, Pablo Santana. Avaliação de áreas para instalação de aterro sanitário no município de Barreiras, Bahia. Anais XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, Foz do Iguaçu, PR, Brasil, 13 a 18 de abril de 2013, INPE)

No que tange à questão do Lixo Urbano, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

(  ) Os aterros sanitários e, sobretudo, os lixões estão, rigorosamente, situados fora do perímetro urbano. É comum que o morador das grandes cidades abandone seu lixo em terrenos baldios.

(  ) Os aterros sanitários, frequentemente, não atendem às exigências ambientais e acabam se tornando nocivos para a natureza.

(  ) O processo de decomposição dos resíduos do lixo produz um líquido fétido que evapora e não polui o solo e as águas.

Assim sendo, está correta a alternativa:


V; F; V
F; V; F
F; F; F
V; V; F
 V; V; V

Em virtude do rápido e crescente número de idosos na população brasileira o Estado, entendendo a necessidade de dar maior atenção a esse grupo, criou uma Lei de nº 10.741, de 1.º de outubro de 2003, denominada Estatuto do Idoso. Essa lei tem por objetivo:


denunciar às autoridades competentes, qualquer forma de negligência ou desrespeito ao idoso.
assegurar a inclusão social do idoso, criando condições para promover sua participação ostensiva no mercado de trabalho.
proteger a pessoa idosa, onde a família têm o dever de amparar e assegurar sua reclusão no âmbito privado.
preparar os trabalhadores para a aposentadoria, por meio de estímulo à criação de novos projetos sociais.
regular os direitos assegurados às pessoas idosas, que devem gozar de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana.

Leia com atenção:

A sustentabilidade requer um padrão de vida dentro dos limites impostos pela natureza. Utilizando uma metáfora econômica, deve se viver dentro da capacidade do capital natural. Embora o capital natural seja fundamental para a continuidade da espécie humana sobre a Terra, as tendências mostram uma população e consumo médio crescentes, com decréscimo simultâneo deste mesmo capital. (BELLEN, Hans Michael Van.Desenvolvimento Sustentável: Uma Descrição das Principais Ferramentas de Avaliação. Ambiente & Sociedade – Vol. VI I nº. 1 jan./jun. 2003)

Refletindo sobre o conceito de desenvolvimento sustentável tratamos da questão social mais grave para o terceiro milênio. Sabendo disso, aponte a alternativa que aborda corretamente o conceito:


Estatizar todos os recursos, passando para as mãos, sobretudo, das grandes potências as riquezas indispensáveis ao bem-estar humano é a forma mais genuína de desenvolvimento sustentável.
Os anseios da mentalidade capitalista, seus ideais de produção e consumo, devem ser equacionados segundo um padrão de vida social que se paute na qualidade de vida. Isso é desenvolvimento sustentável.
Não há possibilidade de desenvolvimento sustentável fora do esquema ostensivo de produção e consumo difundido pelas grandes potências capitalistas.
Passar, integralmente, os recursos hídricos para as mãos da iniciativa privada, é a proposta mais inteligente de preservação da água e define a ideia de desenvolvimento sustentável.
A Organização das Nações Unidas (ONU) deveria promover a regulação absoluta das riquezas de subsolo dos países que não possam explorá-los convenientemente. Só esse organismo pode ser capaz de garantir o desenvolvimento sustentável dos países pobres.

Leia atentamente:

"Ora, a casa para as pessoas, conforme se evidenciou neste texto, significa proteção. Tais elementos são reforçados durante a vida por diversos fatores: como os pais que alimentam e dão carinho, que zelam pelo bem-estar e aconchego dos habitantes da casa. Neste sentido, qualquer agressão a casa trona-se uma agressão ao próprio homem, que a defende, como se defendesse sua própria vida. A ideia de casa se funde com a de segurança e essa com a de vida, ou sobrevivência, em última análise. [...] Se o homem considera o carro como extensão de sua casa vai ter em relação a este os mesmos sentimentos." (HOFFMANN, Maria Helena e CRUZ, Roberto Moraes (orgs). Comportamento Humano no Trânsito. São Paulo: Casa do psicólogo, 2011.)

Em que circunstâncias essa relação se torna socialmente nociva? Assinale a alternativa correta:


Quando o cidadão só permite que o carro seja ocupado por sua parentela próxima, qual ocorre em sua casa, contrariando a etiqueta social que vê a carona como estratégia relacional.
Quando o cidadão altera as características estéticas de fábrica (cor, por exemplo), personalizando o carro, tal qual faz com sua casa e poluindo visualmente as ruas.
Quando o cidadão deixa de usar seu veículo, temendo pela sua integridade, e o mantem fixo em sua garagem, como se esse fosse um artefato doméstico.
Quando ele descuida de seu carro, conforme ocorre em sua casa, sujando o seu interior com embalagens e migalhas de comida.
Quando o cidadão não percebe que num espaço que é público está tendo sentimentos relacionados com o seu espaço privado, pode entrar em situação de conflitos.

Leia a seguir:

...a ausência completa, ou praticamente completa, entre eles, de qualquer orgulho da raça. Ao menos do orgulho obstinado e inimigo de compromissos, que caracteriza os povos do Norte. Essa modalidade de seu caráter, que os aproxima das outras nações de estirpe latina e, mais do que delas, dos mulçumanos da África, explica-se muito pelo fato de serem os portugueses, em parte, e já ao tempo do descobrimento do Brasil, um povo de mestiços. (HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. Rio de Janeiro, José Olympio, 1976, p.22.)

A conclusão inevitável dos apontamentos de Sérgio Buarque é aquela que entende o brasileiro como um povo, essencialmente: (Assinale a alternativa correta)


Mestiço
Mediterrâneo
Ariano
Lusitano
Ibérico

Leia com atenção:

Art. 1o  Esta Lei cria mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos do § 8o do art. 226 da Constituição Federal, da Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Violência contra a Mulher, da Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher e de outros tratados internacionais ratificados pela República Federativa do Brasil; dispõe sobre a criação dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher; e estabelece medidas de assistência e proteção às mulheres em situação de violência doméstica e familiar. (LEI Nº 11.340, DE 7 DE AGOSTO DE 2006.)

Como ficou conhecida no Brasil a legislação a qual pertence o artigo anterior? Assinale a alternativa correta:


Lei áurea
Leia dos sexagenários
Lei do Ventre livre
Lei Maria da Penha
Lei Eusébio de Queirós

Leia com atenção:

"O comportamento no trânsito pode ser considerado uma manifestação do sistema cultural de um povo. Se existe algo que diferencia os seres humanos das outras espécies é a herança cultural, no sentido de costumes do dia-a-dia, compartilhados e transmitidos de uma geração para outra." (HOFFMANN, Maria Helena e CRUZ, Roberto Moraes (orgs). Comportamento Humano no Trânsito. São Paulo: Casa do psicólogo, 2011.)

Após refletir sobre a informação anterior, responda: O que pode ser afirmado sobre o nosso comportamento no trânsito? Assinale a alternativa correta:


O comportamento no trânsito é determinado pela boa condição das estradas e da sinalização, além de se poder contar com os sofisticados programas de navegação dos veículos, automáticos e monitorizados.
O comportamento no trânsito é também controlado por regras legais previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), nas portarias e nas resoluções baixadas pelo Conselho Nacional de trânsito (CONTRAN).
O comportamento no trânsito é determinado pela boa educação recebida nas escolas, onde o Estado têm estabelecido metas de qualidade que garantem que o aluno saia do Ensino Médio completamente preparado para o trânsito.
O comportamento no trânsito é contido pelas noções de moralidade assimiladas em ambiente religioso, sob a orientação dos sacerdotes e dos livros santos da tradição do cristianismo.
O comportamento no trânsito é controlado, sobretudo, pelo medo que os cidadãos, invariavelmente, têm da morte e as comoções despertadas pelo mais puro instinto de conservação.

Após a leitura do texto indicado e de assistir a videoaula proposta, disponibilizados no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), reflita sobre as afirmações seguintes, escolhendo a alternativa correta.

I – As desigualdades em nosso país estão presentes desde a colonização e apresentam-se nos campos econômico, racial, de orientação sexual e de gênero, entre outros e se mostram diferentes inclusive em relação às regiões do país;

II – A participação política e a dignidade humana podem ser vistos como pressupostos da cidadania democrática, que pode ser exercida por meio de ações que demonstram a participação do povo no exercício de seus direitos e deveres junto ao Estado.

III – Os problemas raciais não estarão resolvidos pelo fato de termos direito à liberdade de expressão e pensamento, o direito ao voto e participação política. A cidadania ativa vem aprimorar o processo de participação popular.

IV – Pessoas e grupos sociais buscam liberdade dentro dos espaços públicos para que possam coexistir em harmonia vivenciando a diversidade de forma real.

V – A visão de que as diferenças entre grupos étnico-culturais não têm nada a ver com inferioridade ou superioridade dos mesmos deverá ser cultivada no ambiente escolar, comprometido com a construção de uma metodologia antirracista.


Somente as afirmações I e II estão corretas.
Todas as afirmações estão corretas.
Somente as afirmações III e IV estão corretas.
Somente as afirmações IV e V estão corretas.
Somente as afirmações II e III estão corretas.

Leia o depoimento seguinte com atenção:

“... a educação - a disseminação dos conceitos de consumo responsável, reutilização dos produtos e destinação adequada dos resíduos, entre eles, os plásticos – é o canal mais eficaz para que toda a sociedade compreenda seu papel em prol da sustentabilidade. É por meio da educação e do empenho de todos – poder público, indústria (de produtos e serviços) e população – que vamos conseguir aproveitar melhor os recursos, gerar economia e garantir a preservação ambiental.” (presidente da Plastivida, Miguel Bahiense)

Para se produzir papel em escala industrial, consome-se quantidades absurdas de água. Depois, produz-se resíduos que podem levar danos irreparáveis às fontes de recurso hídrico. Em contrapartida, para produzir uma tonelada de papel, reciclando aquele que já foi usado e descartado, reduzir esse consumo e resíduos pela metade.

Considerando essas informações sobre a reciclagem de papel, assinale V para as afirmativas Verdadeiras e F para as falsas:

(  ) Também é possível afirmar que menos matéria-prima será consumida (evitando o impacto sobre a biodiversidade com a ampliação de áreas enormes de madeiramento não-nativo).

(  ) Geração de mais empregos associados à coleta do papel que foi usado e à sua reciclagem.

(  ) O processo de reciclagem é tão caro que se torna, economicamente, inviável para qualquer empresário do ramo.

Assim sendo, está correta a alternativa:


V; F; V
F; F; F 
F; V; F
V; V; V
V; V; F